Início » Organizando » Air Fryer traz algum prejuízo à saúde? Entenda por que esse assunto virou destaque

Air Fryer traz algum prejuízo à saúde? Entenda por que esse assunto virou destaque

Nos últimos tempos, a Air Fryer se tornou um item indispensável em muitas cozinhas brasileiras, mas, recentemente, começaram a circular boatos na internet de que o aparelho poderia fazer mal à saúde.

Mas existe alguma lógica nos boatos?

Neste artigo vamos esclarecer essas dúvidas, revelando a opinião de especialistas sobre o uso da Air Fryer e se ela faz algum mal à saúde.

Funcionamento da AirFryer

air fryer traz prejuízos à saude

A Air Fryer utiliza o método de circulação de ar quente para aquecer e cozinhar os alimentos.

Ventiladores posicionados estrategicamente aceleram a circulação do ar quente, resultando em um cozimento mais rápido e eficiente comparado aos métodos tradicionais.

Como base de comparação, o aparelho funciona de maneira semelhante a fornos de convecção, normalmente encontrados em restaurantes.

Impacto na Saúde e Qualidade dos Alimentos

air fryer traz prejuízos para a saude

Falando ao Estadão, Beatriz Tenuta, nutricionista e professora do Centro Universitário São Camilo, esclareceu que a preparação de alimentos na Air Fryer é sim saudável e segura.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

A principal vantagem é a redução significativa no uso de óleo, o que diminui o consumo de gorduras e, consequentemente, os níveis de colesterol LDL – o colesterol “ruim”. Além disso, a Air Fryer não altera a estrutura dos alimentos nem adiciona substâncias prejudiciais durante o processo de aquecimento.

Acrilamida: A preocupação da internet

Um dos principais pontos de preocupação relacionados ao uso da Air Fryer seria a suposta formação de acrilamida, uma substância química que pode ser cancerígena.

A engenheira de alimentos Adriana Pavesi, da Unicamp, também explicou em que a acrilamida se forma em alimentos ricos em amido quando aquecidos a temperaturas acima de 120 ºC. Ou seja, esta reação não é exclusiva da Air Fryer e pode ocorrer em praticamente todos os métodos de cozimento, como fritura, assados ou grelhados.

Embora estudos em animais tenham mostrado que a acrilamida pode ser neurotóxicas, segundo Pavesi,  os níveis presentes na dieta humana comum são muito baixos e não suficientes para causar danos significativos à saúde.

De qualquer forma, segundo a nutricionista Daniela Duarte disse à CNN, para reduzir a produção de acrilamida, é recomendado evitar cozinhar os alimentos até que fiquem muito escurecidos ou dourados. Além disso, manter a temperatura da Air Fryer abaixo de 175ºC pode ajudar a minimizar a formação dessa e de outras substâncias que podem se formar nos alimentos cozidos em temperaturas acima de 180ºC.

No geral, quando utilizada corretamente, a Air Fryer pode contribuir muito para uma dieta mais equilibrada e saudável. E apesar de algumas preocupações serem levantadas, os especialistas concordam que a fritadeira, quando usada de forma adequada, oferece mais benefícios do que riscos à saúde.

Fontes: CNN Brasil / Estadão

CONFIRA Também: As melhores maneiras para esquentar comida na Air fryer

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

É formada em Marketing pelo Centro Universitário Internacional e atriz licenciada pelo SATED/PR desde 2017. Trabalha com gestão de mídias sociais e redação criativa além de atuar em várias frentes de comunicação midiáticas.

Deixe seu comentário