Início » Organizando » 5 erros que você comete ao pintar os armários de cozinha; aprenda a evitá-los de vez

5 erros que você comete ao pintar os armários de cozinha; aprenda a evitá-los de vez

Conheça quais são os cinco erros mais comuns ao pintar armários de cozinha e veja como evitá-los para ter um melhor resultado

Pensando em pintar armários de cozinha? Então, é importante ficar de olho para não cometer erros comuns, conseguindo realizar essa tarefa com excelência.

Aqui, indicamos quais são os cinco erros mais frequentes ao pintar armários de cozinha. Continue a leitura, descubra quais são e procure evitá-los para simplificar essa tarefa e garantir um resultado bonito!

Por que pintar armários de cozinha?

5 erros que você comete ao pintar os armários de cozinha; aprenda a evitá-los de vez

Está em dúvida se pinta ou não os armários da cozinha? Essa é uma alternativa para quem deseja transformar o ambiente, dando-lhe cara nova sem gastar muito.

Portanto, vale muito a pena, desde que saiba como pintar, para ter um melhor aproveitamento da tinta e um resultado superior.

5 principais erros ao pintar armários de cozinha

limpeza de armários de cozinha

Uma das formas de minimizar gastos e reduzir a chance de ter um resultado ruim é conhecer quais são os erros mais comuns ao pintar armários de cozinha. A seguir, você confere os cinco principais e dicas para evitá-los:

1. Não limpar o armário

É essencial limpar o armário antes de começar a pintura. O motivo disso é simples: sujeiras podem comprometer o resultado, seja deixando resíduos ou uma pintura falha. Quando tentar consertar, terá de usar mais tinta, tendo mais gastos e uma maior chance de ter um resultado grosseiro e irregular.

Por isso, não abra mão de limpar o móvel antes de começar a pintura. A dica é que utilize água e sabão, umedecendo um pano nessa mistura e passando pelo móvel. Aguarde que seque totalmente antes de iniciar a pintura.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Evite o excesso de água, principalmente se for um móvel de madeira. A umidade pode danificar o material, que se expande e pode ficar com manchas. Também evite o uso de produtos abrasivos.

2. Não preparar o ambiente

A preparação do ambiente é fundamental, pois ajudará a evitar sujeiras por toda a cozinha ou espaço em que for pintar o móvel. Recomenda-se que coloque lona ou plásticos no piso. Assim, será possível conter respingos de tinta, evitando sujeiras.

Para garantir que a lona ou plástico fique preso no piso, a dica é usar fita crepe. Dessa forma, reduzirá a possibilidade de danos ao revestimento e de tropeços ao caminhar pela área.

Tente fazer a pintura dos móveis em um espaço amplo, sem risco de danificar outros itens. Se possível, faça em uma área externa, sempre tendo o cuidado de proteger o chão.

mulher limpando armário da cozinha

3. Não lixar o móvel

Há móveis de cozinha que tem um acabamento brilhante e é essencial removê-lo para conseguir pintá-los de maneira adequada. Quando esse acabamento brilhante não é removido, a tinta escorre e a cobertura fica comprometida.

Para remover esse acabamento brilhante é simples, basta lixar o móvel. Também faça esse processo se a peça estiver descascando muito, de modo a tornar sua superfície mais regular.

Após lixar o armário, tenha o cuidado de remover o pó da superfície, passando um pano sobre o material. Dessa forma, conseguirá um melhor resultado na pintura.

4. Não escolher e preparar a tinta adequadamente

Existem diversos tipos de tintas para madeira, com acabamentos variados. O ideal é se atentar à descrição do fabricante, para saber se a tinta pode ser aplicada sobre o tipo de material do seu armário.

Além disso, verifique e siga à risca as recomendações de preparo da tinta. Se o fabricante indicar que precisa ser misturada à água, faça esse processo nas proporções certas para ter um melhor aproveitamento do produto.

Outro cuidado é conferir e seguir as orientações de tempo de secagem, principalmente se precisar aplicar mais de uma demão de tinta sobre o móvel. Desse modo, evita-se resultados indesejados.

pintura de armários de cozinha

5. Fazer camadas muito grossas de tinta

Tenha o cuidado de não fazer camadas muito grossas de tinta, para conseguir um resultado mais bonito e ter um melhor rendimento / aproveitamento do produto.

Além disso, se fizer uma camada muito grossa há o risco de que o excesso de tinta escorra, formando gotas ao longo do móvel e comprometendo o resultado da pintura.

Evite essa situação ao diluir a tinta conforme a orientação do fabricante, se necessário. Além disso, faça camadas finas e aplique mais de uma demão do produto se notar a necessidade de mais cobertura.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário