Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

Uma raça que no início era conhecida como apenas uma, após 1946 foi dividida entre cocker spaniel inglês e Cocker spaniel americano devido as duas diferenças de personalidade e físicas. Aqui na América do Sul a raça mais conhecida é a inglesa.

A diferença mais marcante entre as duas espécies é de que a inglesa é maior, com o focinho mais comprido e com a pelagem mais curta, já a americana possui um focinho mais encurtado, pelos mais compridos e tamanho menor.

Quer saber informações completas sobre os diferentes tipos de Cocker, como é seu temperamento, personalidade e muito mais? Leia aqui tudo isso e mais um pouco.

História do Cocker

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

O primeiro Cocker veio da Espanha, sendo utilizado para caça. Depois disso ficaram divididos entre Springer e Cocker, sendo feita a separação apenas pelo seu tamanho: os maiores eram usados nos jogos de caça da primavera  – springers -, já os menores eram utilizados para pegar pássaros e galinhas para seus tutores, sendo assim chamados de cockers.

Depois no ano de 1946 foram finalmente divididos entre as duas raças hoje conhecidas: o Cocker spaniel inglês e o Cocker spaniel americano.

Principais características da raça

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

O Cocker Inglês tem pelos mais alongados nas orelhas e abaixo da barriga, onde na tosa fica uma espécie de “saia”, já o Cocker americano possui pelos mais longos do que o primeiro, porém tem o focinho mais curto e corpo menor.

  • Altura do macho: 35 até 40 cm;
  • Altura da fêmea: 33 até 39 cm;
  • Peso do macho: 12 até 15 kg;
  • Peso da fêmea: 12 até 15 kg.

A expectativa de vida dos cockers fica em torno de 12 até 14 anos.

Temperamento do Cocker

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

São cachorros bem agitados, com muita energia e que podem caçar passarinhos com frequência se estiverem em quintais, visto que sua origem é caçadora. O Cocker costuma ser bem inteligente e aprende facilmente novos comandos, porém, podem ter dificuldade de atenção devido a quantidade grande de energia acumulada.

Se dão muito bem com crianças e outros animais da casa por causa de sua meiguice e sociabilidade, ademais, são extremamente fieis aos seus donos. Também são lembrados por serem curiosos, desse modo, é comum que se distraiam em um passeio, sempre procurando por passarinhos ou possíveis presas.

Costumam latir bastante, principalmente quando se deparam com alguém estranho. São cachorros destrutivos também, ainda mais quando são deixados sozinhos, dessa forma, podem canalizar a energia comendo e rasgando tudo que vem pela frente.

Outro ponto de destaque para a personalidade do Cocker é que são super sensíveis, portanto, se você brigar com um deles, pode ter certeza que ficará magoado, ficando alguns minutos quietinho, como se guardasse mágoa. Precisam de muita atenção, ainda mais porque são extremamente ciumentos.

Características físicas

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

As cores da raça podem ser encontradas entre as sólidas, que são o preto, vermelho, dourado, preto, castanho e chocolate, e as parti-colors que são duas ou mais cores mescladas, aparecendo nesse caso o branco misturado com preto, chocolate ou vermelho. As duas raças são lembradas por suas orelhas compridas, que geralmente se arrastam no chão quando se alimentam ou bebem água.

Antigamente o rabo do Cocker era cortado para que não acontecessem lesões no local, porém, hoje esse hábito já está quase que completamente extinto, visto que não há necessidade por serem cachorros de casa ou apartamento.

Cuidados com o Cocker

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

O Cocker precisa de muitos cuidados, porém, nada que qualquer outra raça de cachorros não precisaria. Como possuem muita energia, precisam sempre estar em constante movimento, seja por meio de caminhadas, exercícios ou brincadeiras, caso contrário, prepare-se para uma casa possivelmente destruída.

Suas orelhas compridas precisam de cuidados contínuos, por isso, verifique semanalmente seus ouvidos, caso contrário, há grandes chances de que tenham infecções no local. Seus pelos compridos também exigem atenção, visto que podem trazer bastante sujeira para casa por se arrastarem pelo chão, neles também podem se formar nós constantes, tose com frequência ou apare quando necessário.

Outras áreas que merecem atenção do corpo do Cocker são os quadris, devido a displasia do mesmo, os joelhos, por causa da luxação local, e os olhos, que podem desenvolver a atrofia da retina, gerando cegueira. Também é preciso cuidado com o peso do Cocker, visto que são bem comilões e tem tendência genética a engordar.

Filhotes de Cocker

Cocker: história, cuidados, temperamento, características e mais!

Agora que você decidiu que vai comprar ou levar a sorte de adotar um Cocker, é preciso saber alguns cuidados prévios quando ele chegar em sua nova casa. No começo, pode ser que você passe algumas noites ouvindo choro, são cachorros muito apegados aos donos e carentes.

A ninhada de Cocker costuma ser de 5 até 8 filhotinhos, por isso, podem custar entre R$400 até R$ 2 mil. Escolha bem o local que vai comprar o seu e procure saber mais sobre os pais do pequeno.

Lembre-se que existem muitos cachorrinhos em abrigos e ONGs que podem te dar o mesmo amor e ainda ganharem uma nova chance de se adaptarem a uma nova família.

Deixe seu comentário