Cravina – Características, Significado e Como Cultivar

É a miniatura do cravo, mas não é tão popular quanto ele. Estamos falando da cravina, pequena planta de fácil manutenção por sua resistência e duração.

De origem chinesa, as cravinas possuem variados padrões para seu cultivo. Descubra mais sobre essa incrível planta, principalmente de suas agradáveis flores, qual é o seu significado e como você pode plantá-las!

Características da cravina

A cravina é uma planta pequena que pode atingir entre 15 a 50 centímetros de altura.

[VEJA TAMBÉM: COMO CULTIVAR NARCISO?]

cravinas em vasos

Aromática e atraente para as abelhas, essa flor-de-corte se caracteriza pela presença de uma vasta folhagem verde-acinzentada ou somente verde. As folhas ainda se destacam por ser afiladas e lanceoladas.

Perfumadas, as flores são bastante bonitas e contam com vários padrões de coloração, mas sempre sendo uma mistura de rosa, vermelho e branco:

  • Cravina rosa

cravinas rosas

  • Cravina branca

cravina branca

  • Cravina vermelha

cravina vermelha

Geralmente perfumadas, as flores da cravina são solitárias e simples, mas são suas tonalidades e mesclas de cores que fazem dela uma escolha para decoração de pátios e interiores.

Suas pétalas – em geral a quantidade é cinco – são largas e com bordas serrilhadas.

[VEJA TAMBÉM: COMO CULTIVAR CINERÁRIA?]

Criando um efeito campestre na decoração, a cravina é muito utilizada em bordaduras e maciços, assim como jardins, jardineiras e vasos.

Justamente por serem da mesma família que os cravos, é interessante lembrar que as cravinas são menores em tamanho, mas tão aromáticas quanto eles.

Significado da cravina

Exótica, a cravina é pouco conhecida no Brasil, mas é facilmente encontrada em floriculturas. Além de sua própria beleza, acredita-se que essa planta possui propriedades naturais, da mesma maneira que os cravos.

A primeira simbologia que está relacionada às cravinas é que elas atraem a paixão. Outro significado é a devoção, sendo vista como a “flor da piedade”, da mesma maneira que os cravos.

[VEJA TAMBÉM: COMO CULTIVAR BEGÔNIA?]

cravinas rosas

É o tipo de flor que representa o cumprimento de uma promessa também.

Dicas de cultivo de cravinas

A cravina é uma planta que gosta de climas amenos, mas muitas de suas cultivares conseguem tolerar altas temperaturas.

Quando for escolher um local para o plantio, opte por um espaço em que há luz solar direta – por sorte, a cravina também cresce em ambientes meia-sombra.

Em climas muito quentes, certo sombreamento pode ser interessante para a planta. A cravina é bem tolerante em relação ao solo, mas preza por um que seja bem drenado.

Procure idealizar um solo rico em matéria orgânica e que seja fértil.

[VEJA TAMBÉM: COMO CULTIVAR ANTÚRIO?]

cravinas bicolores

A irrigação deve ser controlada, pois a cravina não gosta de solo encharcados. Faça regas regulares e reformas anuais se a planta estiver em canteiros.

O ciclo de cultivo da cravina é bienal ou perene de vida curta, mas muitas vezes é cultivada como anual. Caso queira saber, a propagação das cravinas acontece por meio de sementes ou na divisão das plantas quando estão bem desenvolvidas.

Semeia as sementes em vasos ou sementeiras, por exemplo, de forma superficial em solo úmido. Em questão de uma a quatro semanas, você perceberá a germinação das mesmas.

O que você achou dessa opção tão interessante para jardins e interiores? A cravina não deve ser menosprezada quando o assunto é beleza. Diga o que você achou delas abaixo!


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply