Dicas para escolher um colchão para noites perfeitas de sono

Investir num bom colchão é fundamental para uma noite perfeita de sono. Confira algumas dicas que separamos e leve uma vida mais saudável!

Uma boa noite de sono com certeza depende do colchão, então não é vergonha testar na loja as opções para poder escolher qual melhor se encaixa para você. Afinal, um produto inadequado causa muitos problemas, como dores nas costas – e dores nas costas atrapalham dias de trabalho, mas podem ser evitadas com um bom colchão. Ortopedistas podem indicar qual a melhor opção para sua coluna. No caso de cama casal, é necessário buscar um colchão equilibrado, que seja bom para ambos.

O encaixe perfeito da cama com o colchão é importante para dar segurança, e é mais uma coisa a se pensar na hora de comprar o produto, que pode durar até dez anos. É importante lembrar que você vai passar em média 8 horas por noite nele, ou seja, ele vai ser muito mais utilizado do que um carro ou um eletrodoméstico.

Às vezes a melhor opção de colchão custa caro, mas é melhor pagar um pouco a mais do que ter sua saúde afetada com colchões que prejudicam a coluna e que podem levar a problemas muito mais sério daqui a alguns anos. Também vale investir em produtos que de início parecem caros, mas que com o tempo você percebe que é necessário pagar um pouco mais por qualidade – é a relação custo x benefício.

Os guarda roupa, por exemplo, tem que aguentar um peso enorme de roupas e tudo o que se coloca nele, então uma estrutura mais forte é melhor para evitar problemas. O mesmo vale para os colchões, por isso, você deve ficar atento à densidade do colchão, para que ela seja de acordo com o peso que será exercido, seja pelo solteiro ou pelo casal (nesse caso, faz-se necessário a soma dos pesos). Confira um pouco mais sobre densidade de colchão.

Investindo na qualidade do seu sono
Investindo na qualidade do seu sono

Existem diversos opções de colchões oferecidos pelo mercado, porém, dois se destacam entre os mais vendidos: o de mola e o de espuma. A vida útil de um colchão de mola é de, aproximadamente, 10 anos (de acordo com a qualidade), mas nesse período o colchão deve ser virado em média a cada 2 ou 3 anos. Depois desse tempo, o colchão pode ter afundamentos que causam os problemas de saúde, e as mola cedem.

Já os colchões de espuma são maleáveis e leves, e com uma duração média de 4 anos. Eles são mais recomendados para idosos – mas como esse colchão absorve mais umidade, acumula fungos, bactérias e ácaros, causa alergia; portanto, todo cuidado é pouco.

Com essas dicas sobre colchões você já pode ir às compras e escolher aquele que melhor atende as suas necessidades.

1 comentário

  • Uma boa noite de sono, sem dúvida que o o colchão pode ter um papel preponderante no desempenhar dessa boa noite.. e como voce realça as vezes é preferivel pagar mais um pouco e ter conforto e o que nós necessitamos, do que continuar igual e ter gasto dinheiro em vão.

Deixe seu comentário