Dicas para realizar uma mudança sem dores de cabeça

Pouquíssimas coisas na vida têm tanto potencial para culminar em dor de cabeça certa como mudanças não planejadas. Seja nos hábitos de vida ou até mesmo a mudança de móveis de um lugar para outro, qualquer tipo de alteração que ocorre na nossa vida, com a promessa de ficar nela a longo prazo, deve ser medida, pensada e revista até o momento da real mudança chegar. E, tomando mais uma vez o exemplo da mudança de casa, nada é mais inteligente do que ter em mãos os detalhes de cada mudança.

Mudar de casa ou de escritório é algo muito complicado, pois envolve utilizar os mesmos móveis em outro ambiente, e o processo de levar esse material de um ponto ao outro dificilmente sai, exatamente, como planejamos. No entanto, isso não quer dizer que não devemos planejar essa mudança à exaustão. A primeira providência a se tomar, nesse caso, é quanto à empresa que vai realizar a mudança com a gente. Seja com grandes caminhões baús ou com um simples carreto, devemos ter total confiança em quem vai levar nossos móveis para um novo ambiente.

mudança

Se a mudança for de casa, certifique-se da necessidade de levar para o novo ambiente o seu guarda roupa antigo, já que, principalmente nas grandes cidades, os apartamentos já vêm equipados com esse móvel embutido. Se esse não for o caso, comprar novos armários, dependendo do tamanho do novo ambiente, pode ser a solução para fazer com que a nova casa seja mais organizada.

Se a mudança for de local de trabalho, a mudança dos móveis para escritório deve ser feita com muito cuidado, uma vez que esse tipo de mobília pode ser ainda mais cara do que as mobílias para casa. Certifique-se sempre de deixar todas as instruções com quem vai manusear seus móveis nas idas e vindas e faça o possível para levar, você mesmo, os materiais de maior valor, como computadores e outros acessórios utilizados durante todo o dia nas estações de trabalho.

móveis de escritório

A mudança pode ser bem rápida, dependendo da empresa contratada e da sua disposição para organizar tudo no ponto de chegada. Quanto mais organizado estiver o planejamento desse momento, então, aí sim esse “momento traumático” vai ter chances reais de passar extremamente rápido.

Deixe seu comentário