Lavanda: Como Plantar e Dicas de Cultivo

O cheirinho de lavanda é sensacional, não é mesmo? Sua flor contém um dos óleos essenciais mais usados pelo mundo todo! Há vários produtos de diversos segmentos que usam o seu aroma, desde os produtos de beleza até de limpeza!

É mais comum encontrá-la na cor violeta e roxa, mas também existem lavandas das cores brancas e azuladas. Costumam preferir um clima frio, mas existem espécies adaptadas que podem viver em clima tropical. Veja como cuidar da lavanda:

Como plantar lavanda

Lavanda: Como Plantar e Dicas de Cultivo

O plantio pode ser feito a partir de sementes ou ainda mudas de lavanda. As sementes devem ser semeadas levemente na terra, podendo ser o local que ela ficará definitivamente ou preparar as mudas para plantio posterior.

Deve-se cobrir as sementes com terra solta peneirada. A germinação acontece em algum momento entre 2 e 6 semanas após. Esse tempo varia de acordo com o tipo de solo, nutrientes que ele possui e também o clima do local.

Outra maneira é por estacas, ou seja, com mudas. Esses devem ser ramos de cerca de 10cm, mas sem as folhas. A parte inferior deverá ser plantada na terra.

É preciso dar um espaço entre uma muda e outra, pois caso contrário conforme o crescimento acontece, uma acabará atrapalhando a outra. Esse espaço deve ser entre 30 a 90cm de distância. Se optar por plantar em um vaso, escolha um com pelo menos 30cm de profundidade e também de diâmetro.

Tanto a semente como a muda precisam que o solo fique levemente úmido para pegar e se desenvolver.

Como cultivar lavanda

Lavanda: Como Plantar e Dicas de Cultivo

No Brasil, o tipo mais conhecido é a lavanda-francesa. Suas flores tem um tom de lilás acinzentado. Sua haste é um pouco mais curta e a folhagem é mais densa.

Para florescer, precisa que o solo seja mais arenoso. Para isso é necessário preparar uma mistura com areia, terra e compostos orgânicos.

Apesar de necessitar alguns cuidados, depois que ela florescer, ganhará resistência. Dessa forma é capaz de aguentar os picos climáticos, desde geadas até períodos de secas. Cresce como um arbusto e pode durar até 12 anos.

Mesmo com a resistência, para deixá-la bonita uma das etapas é aparar as folhas e flores secas. As flores, mesmo secas, podem ser colocadas em saquinhos para perfumar o ambiente e roupas. As folhas secas devem ser descartadas. Faça isso no início da primavera.

Atenção ao solo!

É uma planta que não gosta da umidade. Por isso o local perfeito para ser plantada são em solos drenados e arenosos. O pH da terra precisa ser ao menos um pouco fértil, cerca de 6,5 a 7,5.

O solo calcário é perfeito para o cultivo desse tipo de flor. Para tê-lo em sua casa você pode acrescentar cal e nutrientes à terra. Isso faz com o solo fique favorável ao enraizamento da lavanda. Recomenda-se fazer esse preparo uma semana antes de plantá-la.

Pouca água

Lavanda: Como Plantar e Dicas de Cultivo

Como já dito, essa é uma planta que prefere climas mais frios e secos. Portanto água em excesso pode encharcar e eliminar sua planta.

No entanto, atenção! Ao plantar a lavanda o solo deverá ficar umedecido até o enraizamento completo. Ou seja, até ela se desenvolver e fortalecer. Depois, as regas diminuem consideravelmente, já que é uma planta que não gosta da umidade.

Dicas para cultivar lavanda

Alguns cuidados e dicas extras ajudam a manter sua planta sempre bonita e cheirosa.

Se for plantada em vaso, é importante deixá-la sozinha. Ou seja, nunca plante outra flor no mesmo vaso que ela. O mesmo vale para o jardim. Evite ter outras plantas muito próximas da lavanda, pois dessa forma ela terá que dividir os nutrientes, atrapalhando o seu desenvolvimento.

Para que ela floresça mais, quando as primeiras flores saírem, corte-as antes de abrir. Isso faz com que a planta seja obrigada a produzir mais ramos verdes. Consequentemente a próxima florada será bem maior!

Colher as flores de lavanda também ajuda em seu desenvolvimento. Além de deixar sua casa muito mais perfumada! A partir do 2º ano de vida da sua plantinha, ela irá produzir muito mais! Você pode colhê-las em qualquer época do ano, mas para que seja feita uma poda completa e que auxilie as próximas, o ideal é podar no final de outono e começo da primavera.

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Participe dos nossos grupos

FacebookEntre para nosso GRUPO!

Faça parte da nossa comunidade de DECORAÇÃO e ORGANIZAÇÃO

Deixe seu comentário