Lírios: Conheça sua Origem e Aprenda Como Cultivar

Já se sabe que a rosa é a flor mais conhecida no mundo inteiro. Mas qual você considera como a segunda mais popular? Exatamente: o lírio. Os lírios são encantadores e não é nem necessário que você seja conhecedor(a) de flores para admirar sua beleza.

Com uma grande diversidade de espécies, os lírios são muito apreciados pelos floristas e jardineiros. Conheça um pouco sobre a origem desta bela flor, além de dicas sobre como plantar corretamente, como cuidar e tudo mais que você precisa fazer para que ela dure o máximo de tempo possível.

Origem dos lírios

Lírios: Conheça sua Origem e Aprenda Como Cultivar

A fama dos lírios vem de uma época antes de Cristo, quando essa flor era oferecida aos deuses e utilizada como planta medicinal no Egito e na Grécia Antiga, pois acreditava-se que ela era capaz de cicatrizar mais rápido os ferimentos, queimaduras e úlceras.

Os lírios possuem uma origem variável, pois eles têm variações originárias de trópicos e regiões mais quentes. Essas flores foram encontradas pela primeira vez em especial na Europa e Ásia, mas é muito comum que digam que sua origem predominante a China e o Japão, justamente por ser nesses dois locais que há maior concentração de espécies.

Dessa maneira, os lírios podem ser originalmente encontrados na Ásia e Europa, mas também é normal dizer que suas origens abrangem a América do Norte. Independentemente disso, vale frisar que certas espécies de lírios são provenientes de cruzamentos, que favorecem a reprodução de novas variedades e cores – recebendo o nome de lírios híbridos.

Entre as várias espécies de lírios, destacam-se:

  • Lírios orientais: são os que possuem flores maiores e com mais perfume;
  • Lírios asiáticos: são os que têm flores menores e quase sem perfume, mas contam com cores fortes e diferenciadas,
  • Lírios Longuiflorum: são de flores grandes e de cor creme e branco.

Por fazer parte da história da humanidade há muitos séculos, os lírios são tidos como flores mágicas e misteriosas, sendo que seu principal significado está associado com a castidade, inocência e pureza (tanto é que o lírio é uma das principais opções em buquês de noivas).

Na China, o lírio tem como significado a fartura e está relacionado com a chegada do verão.

Como cultivar e cuidar dos lírios?

Lírios: Conheça sua Origem e Aprenda Como Cultivar

Ao todo, a família dos lírios conta com cerca de 80 espécies. Você provavelmente conhece algumas delas, como o lírio-do-amazonas e o lírio-da-chuva.

Por ser uma flor bem ornamental, o lírio se torna simbólico para quem quer proteção contra pessoas ruins.

As flores se desenvolvem por meio de um bulbo – um tipo de “cebola” que permanece embaixo da terra e fornece os nutrientes necessário. Quando termina a floração, o bulbo ficará em estado de dormência por um determinado período de tempo e, posteriormente, começará a produzir bulbos menores (bulbilhos). Esses serão os responsáveis pelas flores e folhas que irão se desenvolver.

No território nacional, pode ser bem difícil de reproduzir o lírio de maneira natural, sendo que a maioria dos grandes produtores preferem importar os bulbos. Isso se deve pelas condições climáticas e por técnicas que demandam altos custos.

Porém, você pode aprender a ter sucesso no plantio dos seus lírios. Veja como é mais simples do que você imagina:

  1. Retire o bulbo da terra após o término da floração;
  2. Faça a lavagem do bulbo para retirar a terra acumulada e guarde-o (quando ele estiver limpo e seco), envolto em papel-toalha, na gaveta de verduras que você possui em sua geladeira;
  3. Quando estiver começando a primavera, prepare o vaso que receberá esse bulbo: uma camada de drenagem ao fundo (com pedras, isopor, argila expandida ou cacos de telha), misturando terra, areia e composto orgânico – tudo em partes equivalentes;
  4. Ajeite o bulbo nesse vaso e coloque mais uns dez centímetros dessa mistura por cima, comprimindo levemente.
Lírios: Conheça sua Origem e Aprenda Como Cultivar

É claro que se você for optar por um plantio em solo, é mais indicado um que possua elevada fertilidade, preparando-o também com a adição de areia grossa para que ele tenha melhor drenagem. Não esqueça do adubo orgânico para que os lírios tenham nutrientes suficientes.

No solo, o plantio deve ser feito a partir de um buraco com mais ou menos de 10 a 15 centímetros de profundidade. Além disso, mantenha uma distância similar entre os bulbos quando for plantar mais de uma flor.

Agora veja como você deve agir para que o lírio se desenvolva com saúde em um vaso. Saiba como cuidar desta flor:

  • Os lírios precisam de boa iluminação, mas de preferência evite a incidência direta do sol durante as primeiras semanas;
  • Mantenha a terra úmida, por isso a rega deve ser unicamente para esse propósito e não para encharcar os lírios;
  • Quando a folhagem iniciar seu crescimento, você poderá colocar o vaso no sol mais fraco – a recomendação é aproveitar a exposição das 7 horas às 9 horas e das 16 horas às 17 horas.

Quando a floração ocorrer, suspenda as regas para evitar que fungos sejam atraídos para a planta.

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Participe dos nossos grupos

FacebookEntre para nosso GRUPO!

Faça parte da nossa comunidade de DECORAÇÃO e ORGANIZAÇÃO

Deixe seu comentário