Lisianthus: Como Cultivar, cuidados e cores

O lisianthus é uma espécie de flor com beleza singular. Bastante utilizada em decoração de festas, a planta se destaca sua delicadeza. Aqui conhecerá seus significados e como cultiva-la em seu jardim.

O grupo de flores ornamentais tem espécimes que tiram o fôlego dos apreciadores e cultivadores. Entre esses modelos está o lisianthus. Essa flor tem origem nos países da América do Norte. Os estados norte-americanos Texas e Arizona são os maiores produtores.

Lisianthus: Como Cultivar, cuidados e cores

Mesmo sendo lugares secos, isso não quer dizer que a flor gosta de ambientes sem água. Pelo contrário, o lisianthus é cultivado em margens de rio e em áreas úmidas.

Os cuidados são muitos, porém válidos. As pétalas da flor parecem ser desenhadas, e tem uma variação de cores belíssimas. Vamos conhecer mais sobre essa plantinha.

Principais tipos de Lisianthus

O lisianthus é conhecido nos EUA como Pradaria Genciana. E mesmo sendo amplamente cultivada nesse país, ela só foi propagada pelo mundo a partir da influência japonesa.

Os japoneses são os responsáveis por levar ao mundo a beleza dessas flores. Eles se tornaram importantes cultivadores, e criaram variações de lisianthus, entre elas estão:

  • As de pétalas roxas;
  • As de pétalas lilás;
  • As de pétalas branca;
  • As de pétalas azul;
  • As de pétalas cor de rosa.

São usadas muitas técnicas para conseguir essa variação de cores. Essa beleza descoberta pelos orientais ganhou muito espaço na Europa. Desde o início dos anos 80, essas espécies de lisianthus passou a se tornar a preferida entre os europeus.

No Brasil a plantinha aportou nos anos 90, e aqui é batizada de Lisianto. Os principais cultivadores da flor no país são de origem asiática, esse é o fato de conseguirmos ter belíssimos espécimes disponíveis no mercado.

Quais são seus significados

Lisianthus: Como Cultivar, cuidados e cores

A palavra que nomeia a flor tem origem grega, remete a maciez, lisura. Daí já podemos imaginar que o principal significado lisianthus é a delicadeza. E isso é verdadeiro.

A flor também é associada a projetos decorativos que desejam empregar sofisticação e elegância ao ambiente. Por isso ela é bastante usada na decoração de casamentos, sendo até o buquê da noiva.

Presentar pessoas com essas flores é fazer referência a beleza e inteligência apurada. Para os apaixonados é uma forma de mostrar o quanto carinho sente pela amada, saindo do tradicional, que são as rosas, comumente utilizadas.

Como cultivar e cuidar da Lisianthus

Vimos que a flor lisianthus é sinônimo de delicadeza, e, portanto, seu cultivo pede alguns cuidados essenciais. Confira nosso passo a passo:

  1. A escolha das mudas: uma etapa importante, pois cada espécie de lisianto reage de forma diferente ao ambiente. Então escolher a muda mais adequada ao lugar que plantará é fundamental. Vale adquirir a mudinha de um cultivador experiente que repasse mais informações sobre cultivo;
  2. A preparação da terra: se for plantar em um jarro, é preciso verificar se ele tem os furinhos para que a água não se acumule. Essa flor precisa de uma terra com pH entre 6,5 e 7,0, é possível que precise colocar calcário para aumentar esse índice. Existem no mercado areias prontas para esse plantio. Centralize bem a muda no jarro;
  3. O ambiente: antes de florescer, a plantinha precisará do máximo de sol possível. E em dias nublados precisará montar uma pequena estufa que tenha luz que ajude no crescimento. Depois que as flores começarem a crescer, deve reduzir a exposição ao sol; se possível manter o lisianthus numa temperatura abaixo dos 30°C;
  4. Regar: elas precisam ser regadas todos os dias. Pelo menos 5 cm da espessura do substrato que ela está plantada precisa estar úmido. Uma dica é usar borrifador para mantê-la sempre úmida;
  5. Use NPK: utilizar frequentemente o NPK (Nitrogênio, Fosforo e Potássio) é uma boa forma de levar mais nutrientes ao solo em que está plantada sua lisianto. Siga as orientações do fabricante da marca de fertilizante que escolher;
  6. As pragas: se aparecer fungos ou outras pestes é preciso ser combatido de maneira rápida para que a planta não morra. Existem pesticidas específicos para flores, e que poderá passar de forma preventiva.

O período em que as flores de lisianthus surgem é de outubro a março. Fazer o manejo certo na hora do corte é essencial para não comprometer sua plantinha. Dessa forma poderá contar sempre com a beleza dessas flores em seu jardim.

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.

Participe dos nossos grupos

FacebookEntre para nosso GRUPO!

Faça parte da nossa comunidade de DECORAÇÃO e ORGANIZAÇÃO

Deixe seu comentário