Modelos de cortinas – Qual a ideal para a sua casa?

A cortina é um acessório que faz a diferença na decoração da casa. Não é para menos, afinal, ela confere um toque de aconchego e conforto para o ambiente, além de garantir mais privacidade para os moradores.

E não é só isso: a cortina pode bloquear correntes de vento e luz natural de forma total ou parcial, o que ajuda a criar um espaço mais agradável e intimista, fazendo a diferença no dia a dia e em recepções de visitas.

Embora seja importante na decoração, são poucas as pessoas que entendem tudo sobre a cortina e como escolher o melhor modelo para sua casa. Para auxiliar nessa tarefa, preparamos um guia completo sobre esse acessório. Confira!

Principais tipos de cortinas

  1. Cortina de tecido

É o modelo mais tradicional, confeccionado em tecido fino ou grosso e resistente, sendo instalada em varão ou trilho. Esse tipo pode ter somente uma folha (parte) ou duas, o que permite abrir a cortina facilmente. Trata-se de um modelo à prova de erros e que funciona muito bem em qualquer decoração.

cortina de tecido

  1. Persiana

Também chamada de veneziana, esse tipo de cortina tem lâminas horizontais ou verticais fabricadas em madeira, alumínio ou plástico resistente. Seu diferencial está na elevada capacidade de bloquear a entrada da luz natural no ambiente.

cortina persiana

  1. Romana

Modelo fabricado em tecido e com estrutura interna em formato de vareta, o que permite um fechamento em camadas. Trata-se de um tipo com média retenção da luz solar, porém bastante versátil.

Cortina Romana

  1. Blackout

Tipo confeccionado com PVC, que se caracteriza por bloquear ao máximo a luminosidade. Como o material é mais prático do que bonito, a cortina blackout costuma ser utilizada junto a outra feita com tecido mais fino (voal), para garantir um melhor resultado decorativo.

cortina blackout

  1. Rolô

Cortina com mecanismo que enrola o tecido em uma haste horizontal ao acionar o fechamento. Está disponível em ampla cartela de cores, inclusive na versão com estampas.

cortina rolo

Como escolher a cortina perfeita

  1. Meça o espaço em que pretende instalar a cortina

Não há como garantir um modelo perfeito sem ter a medida da área que deseja instalar a cortina. Por isso, meça o espaço, anote esses dados e tenha tais informações consigo no momento da compra.

  1. Escolha o tamanho adequado

O tamanho é um fator essencial a ser considerado ao comprar a cortina. É importante que o modelo escolhido cubra a parede desde o teto até o piso, o que garantirá um resultado mais bonito e sofisticado.

Portanto, os modelos longos são os mais indicados. Prefira aqueles que tocam ou chegam bem próximo ao piso, porque não dificultam a locomoção pelo espaço, muito menos a limpeza da área.

Só há duas situações em que uma cortina curta é interessante: na cozinha/lavandeira ou quando há algum móvel próximo à janela. Neste caso, o ideal é escolher um modelo num tamanho menor, para não cobrir a peça.

  1. Opte pela cor ideal

Cores claras garantem maior luminosidade para o ambiente e as escuras cortam melhor a luz natural. A escolha perfeita depende do resultado que se deseja dar à decoração, se luminoso ou sóbrio.

Se quiser um modelo colorido, é interessante investir em cortinas estampadas, como as que trazem arabescos, motivos florais ou padronagens geométricas, dando mais estilo para a decoração.

Dicas para escolher a cortina por ambiente

  1. Sala e quarto

Nestes ambientes, a ideia é sempre cortar a luz solar e correntes de vento, para tornar o ambiente agradável e aconchegante. Por isso, prefira os modelos blackout ou persiana. Se quiser investir na cortina tradicional, romana ou rolô, opte por versões feitas com tecido mais grosso.

Caso a incidência da luz solar seja menor no quarto e na sala, existe a possibilidade de utilizar cortinas com tecidos mais finos, já que não há alta necessidade de bloqueio.

  1. Cozinha e lavanderia

Na cozinha e lavanderia os modelos curtos são os mais indicados, aqueles que terminam próximos da pia, especialmente os feitos com tecido um pouco mais resistente, já que nessa área há maior risco de danos ao acessório.

Como esses cômodos são mais informais, existe a possibilidade de utilizar cortinas com estampas criativas e divertidas, conferindo para a decoração do ambiente um toque de originalidade.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply