Modelos de Pisos – Como escolher o melhor?

O piso é o responsável por garantir melhor acabamento para o imóvel, além de contribuir de maneira positiva com a decoração, valorizando e tornando o ambiente mais bonito.

Existem diversos tipos de piso, sendo que cada um deles pode ser aplicado em áreas específicas. Conheça, a seguir, os principais modelos, suas vantagens e desvantagens e onde utilizá-los.

Principais modelos de piso

  1. Vinílico

Trata-se de um piso feito com resina de PVC, que é um plástico resistente a danos. Esse modelo imita a madeira, está disponível em ampla cartela de cores, permitindo variar mais na decoração, e é recomendado para ambientes internos, apenas.

Piso Vinilico

  • Vantagens: possui preço acessível, elevada durabilidade e resistência a umidade. Além disso, não propaga chamas e é imune à infestação por insetos e roedores;
  • Desvantagens: não pode ser aplicado em todas as superfícies, requer mão de obra especializada para instalação e fica marcado com facilidade com o passar o tempo.
  1. Porcelanato

É o favorito de quem busca acabamentos com toque de alto padrão. Existe uma grande variedade de cor, tamanho e textura de porcelanato, podendo ser polido, semipolido, rústico ou esmaltado, versões que podem ser usadas em ambientes internos e externos, úmidos ou secos.

Piso Porcelanato

  • Vantagens: apresenta acabamento refinado, é fácil de ser higienizado, resistente à umidade e arranhões, além de ter excelente durabilidade, sem demandar constantes manutenções;
  • Desvantagens: possui preço elevado e exige mão de obra especializada para aplicação. Ademais o piso é escorregadio (menos a versão rústica) e frio (oferece conforto térmico reduzido).
  1. Cerâmica

O piso de cerâmica é, provavelmente, um dos mais conhecidos e utilizados na decoração de residências, podendo ser aplicado em áreas internas e externas, em salas e quartos, banheiros e lavanderias.

Piso Cerâmica

  • Vantagens: piso com preço acessível, impermeável e fácil de ser limpado. Possui baixo custo de instalação, o que barateia o gasto final de todo o projeto de revestimento do piso;
  • Desvantagens: é um piso frio, portanto, oferece baixo conforto térmico, além de ser escorregadio e delicado, o que significa que pode ser danificado com maior facilidade.
  1. Granito

Trata-se de um piso confeccionado com pedra natural que se distingue por ter elevada resistência mecânica, sendo indicado para cômodos em que há uma grande circulação de pessoas ou no banheiro.

Piso de granito

  • Vantagens: é altamente resistente a danos, arranhões e marcas, além de ter baixa capacidade de absorção de água, ser higienizado facilmente e estar disponível em ampla cartela de cores;
  • Desvantagens: o uso contínuo de produtos químicos abrasivos durante a limpeza pode desgastar o piso. Ademais, a instalação deve ser feita por profissionais especializados, pois necessita de uma base firme e corrigida para garantir um resultado perfeito.
  1. Ladrilho hidráulico

Ideal para quem busca uma decoração com toque retrô ou prefere algo colorido. Tal piso é recomendado para instalação na cozinha, lavanderia e banheiro, inclusive em áreas externas, como na varanda.

Ladrilho Hidráulico

  • Vantagens: permite ousar mais na decoração, trabalhando com cores e estampas diferenciadas, o que personaliza o ambiente e dá mais criatividade para a área;
  • Desvantagens: costuma ter preço mais elevado, tanto o produto em si como a instalação, já que exige maior cuidado para garantir que o desenho fique perfeito.
  1. Madeira

A madeira é um revestimento nobre para pisos e pode ser encontrada nas versões assoalho, taco e parquet. Por não ser resistente à umidade, sua aplicação é indicada somente para ambientes secos, como sala e quarto.

Piso de madeira

  • Vantagens: dá um acabamento sofisticado para a decoração, além de proporcionar bom conforto térmico e sensação de aconchego ao ambiente;
  • Desvantagens: apresenta preço elevado e é facilmente danificado pela umidade ou insetos (isso pode ser evitado investindo na madeira tratada, que é um pouco mais cara). Além disso, exige uma constante manutenção para que fique sempre bonito.
  1. Cimento queimado

É o piso preferido de quem gosta de decorações com inspiração industrial, que está em alta. Esta é uma opção versátil, tanto que pode ser aplicada em áreas internas e externas.

Piso de cimento queimado

  • Vantagens: baixo custo e acabamento diferenciado ao piso, especialmente quando é bem executado. Ademais, o cimento queimado tem boa durabilidade e resistência a danos.
  • Desvantagens: o cimento queimado possui maior porosidade, sendo capaz de absorver a água rapidamente e ganhar manchas com facilidade. Para evitar isso, invista em tratamentos que reduzem a porosidade. Ademais, esse tipo de piso é frio e possui conforto térmico reduzido.

Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply