Início » Jardinagem » Orquídea com podridão de raiz: como lidar com esse problema?

Orquídea com podridão de raiz: como lidar com esse problema?

Uma orquídea com podridão de raiz não é algo bonito de ver, afinal, isso significa que sua planta está com a saúde em risco.

Se você é apaixonado por essas obras de arte da natureza, provavelmente quer aprender a cuidar delas da melhor forma possível, mas não sabe o que fazer quando esse problema acontece?

Então, acompanhe o texto para descobrir como identificar uma orquídea com podridão de raiz, se é possível salvá-la nessa condição e outras dicas importantes sobre o assunto! 

Sinais de uma orquídea com podridão de raiz

orquídea com podridão de raiz

Em primeiro lugar, vamos aprender a identificar se sua orquídea está sofrendo de podridão de raiz. Essa é uma questão crucial para você poder agir rapidamente e evitar danos maiores à planta.

Quando suas orquídeas estão com podridão de raiz, os sintomas podem ser variados, mas alguns são bastante comuns. Separamos 4 deles:

  • Coloração escura e mole das raízes: se notar que as raízes estão com uma aparência escura, amolecida e apresentam um odor desagradável, é um sinal claro de podridão;
  • Folhas amareladas e murchas: a saúde das raízes está diretamente ligada ao estado das folhas.

Quando as raízes estão comprometidas pela podridão, as folhas podem apresentar amarelamento e murcha, indicando um problema subjacente.

  • Crescimento lento ou ausente: se sua orquídea parece estar estagnada, com pouco ou nenhum crescimento de novas folhas e raízes, pode ser um alerta de que algo não vai bem nas raízes;
  • Presença de manchas escuras nas folhas: manchas escuras e irregulares nas folhas podem indicar problemas nas raízes, afetando a absorção de nutrientes e a saúde geral da planta.

Enfim, ao perceber algum desses sinais, é hora de agir!

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

É possível salvar uma orquídea com podridão de raiz?

podridão de raiz em orquídea

A resposta bem direta é depende.

Se você identificar o problema a tempo e agir de maneira adequada, há grandes chances de recuperação.

Entretanto, é fundamental lembrar que, em alguns casos mais avançados, a planta pode estar além do ponto de retorno.

Como lidar com a podridão de raiz nas orquídeas?

pessoa resolvendo podridão de raiz em orquídea

Existem algumas etapas que você deve seguir para dar uma nova chance à sua orquídea caso você tenha identificado a podridão de raiz nela. Vamos lá:

Isolamento

Logo que perceber os sinais de podridão de raiz, é fundamental isolar a orquídea para evitar que a infecção se espalhe para outras plantas.

Retire-a do vaso e limpe todas as ferramentas utilizadas para evitar a disseminação do problema.

Remoção das raízes infectadas

Com uma tesoura ou ferramenta de poda esterilizada, remova cuidadosamente todas as raízes infectadas.

Aliás, não tenha medo de cortar um pouco mais acima da área afetada para garantir que nenhum vestígio da podridão permaneça.

Use antifúngicos

Trate as raízes remanescentes e a planta em si com um antifúngico recomendado para orquídeas, pois isso ajudará a combater qualquer fungo remanescente e evitará que a infecção retorne.

Troque de vaso

Escolha um novo vaso limpo e utilize uma mistura de substrato adequada para orquídeas.

Certifique-se de que o vaso tenha boa drenagem, já que o acúmulo de água pode levar à podridão de raiz.

Por fim, mantenha sua orquídea em local bem iluminado, mas evite luz solar direta por longos períodos. Regue com moderação, permitindo que o substrato seque entre as regas.

Dicas para prevenir a podridão de raiz

raízes de orquídea não saudáveis

Além de saber como tratar uma orquídea com podridão de raiz, que tal aprender a prevenir esse problema?

Existem algumas medidas preventivas essenciais que você deve conhecer:

Rega adequada

Evite encharcar o substrato. Prefira regar de maneira moderada e somente quando o substrato estiver quase seco.

Escolha do vaso e substrato

Opte por vasos com boa drenagem e escolha um substrato específico para essas plantas.

Inclusive, lembre-se de que as raízes das orquídeas precisam de ar para respirar, e uma mistura de substrato adequada permite essa ventilação.

Nutrição da planta

Fornecer uma nutrição adequada à sua orquídea fortalecerá suas defesas naturais contra doenças e pragas, incluindo a podridão de raiz.

Ambiente correto

Posicione suas orquídeas em um local com boa circulação de ar, evitando ambientes excessivamente úmidos.

Higienize as ferramentas

Mantenha suas ferramentas de poda limpas e esterilizadas, evitando a transmissão de patógenos de uma planta para outra.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalha com escrita criativa, revisão e tradução. Fluência em Inglês e atualmente estudando Espanhol. Se formou em Comércio Internacional e Técnico em Marketing, mas está agora realizando o sonho de estudar Biologia. É apaixonada por palavras, natureza, tornados, heavy metal e psicologia forense.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.