Siga essas dicas e tenha um pé de pitaya na sua casa

Conheça, aqui, dicas para ter um pé de pitaya em casa e descubra quais são os principais cuidados que se deve ter com a planta!

A pitaya, também conhecida como fruta do dragão, tem origem em florestas tropicais da América Latina. Ainda que não seja tão popular no dia a dia do brasileiro, é uma fruta rica em fibras, minerais e vitaminas, principalmente as antioxidantes.

O que chama atenção na fruta é seu aspecto exótico, com casca e polpa com cores vibrantes. A pitaya pode ser consumida sozinha ou estrelar no papel principal na preparação de sucos, doces e saladas.

As versões vermelha, amarela e branca da pitaya são as mais cultivadas pelo Brasil e o pé da fruta é perene, mantendo-se produtivo por até 15 anos. Aqui, você descobre como ter um pé de pitaya em casa! Continue a leitura e saiba como cultivar!

Como plantar pitaya em casa?

Siga essas dicas e tenha um pé de pitaya na sua casa

A pitaya pode ser plantada diretamente no solo ou em vaso. Se morar em apartamento ou não tiver um espaço aberto, o vaso é a melhor escolha para cultivo.

A recomendação geral é que use um vaso grande, com tamanho superior a 40 centímetros, pois a planta é de porte alto. Além disso, indica-se manter o vaso próximo da janela, para que receba luz natural durante o dia.

Mas, afinal, como plantar pitaya em casa? A seguir, damos dicas especiais para realizar essa tarefa com maestria! Acompanhe este passo a passo:

  1. Tire as sementes de um fruto de pitaya maduro. Em seguida, lave e seque cada uma delas;
  2. Escolha um vaso grande, com a partir de 40 centímetros e que tenha furos no fundo. Assim, garante-se um melhor escoamento da água;
  3. No vaso, monte uma camada de drenagem, que pode ser feita com areia esterilizada, bem como com argila expandida e manta bidim;
  4. Coloque um substrato rico em matéria orgânica. Dê preferência para um composto orgânico ou terra vegetal;
  5. Coloque as sementes no substrato e cubra com um pouco mais de terra;
  6. Faça a rega inicial com água suficiente para deixar a terra úmida, mas não encharcada. A germinação acontece entre 8 e 12 dias.

Pronto! Agora é só posicionar o vaso, se plantou nesse recipiente, em um local com incidência do sol. As regas devem ser espaçadas, pois a planta consegue acumular água em seus tecidos.

vasos com pés de pitaya

 

E como saber quando fazer uma nova rega? O ideal é verificar se o substrato / terra está seca. Em caso positivo, faça a rega, sempre tomando o cuidado de não deixar a terra encharcada.

Pé de pitaya serve para ornamentação?

Uma das principais dúvidas, sobretudo de quem cultiva planta para decoração, é se o pé de pitaya serve para ornamentação. Sim, a planta pode ter essa finalidade.

pé de pitaya

 

O pé pode atingir mais de um metro de altura e seu fruto tem tamanho médio, bem como peso elevado, o que faz com que os galhos fiquem para baixo. Por isso, tem uma estrutura interessante para uso em ornamentação, ajudando a dar movimento ao jardim.

A floração da pitaya é de oito a doze horas no período da noite, geralmente com flores brancas amareladas. Sua frutificação, no entanto, ocorre cerca de três vezes ao ano.

pés de pitaya em floração

Para garantir que toda a estrutura da planta tenha sustentação, recomenda-se o uso de estacas ou bambus, principalmente no período de frutificação. Dessa forma, evita-se o desmoronamento da planta, além de facilitar a colheita.

Como podar o pé de pitaya?

A poda é um dos principais processos de manutenção da planta e essencial se quiser que dê bastante fruto. Ao realizá-la, garante-se a oxigenação necessária das raízes e melhor absorção de nutrientes do solo. Como resultado, há uma frutificação mais expressiva.

plantação de pitaya

Indica-se realizar a primeira poda quando o pé crescer até 1,40 metro. Neste caso, corte somente as pontas da planta, o que faz com que não cresça mais e aumente as raízes para produzir frutos.

Um detalhe importante: o crescimento e desenvolvimento da planta não é tão rápido como alguns pensam. Se não realizar a primeira poda que indicamos, a planta pode dar frutos no primeiro ano de vida, mas nos seguintes há um atraso na produção.

Se fizer a poda no período indicado, a planta dará frutos em dois a três anos, mas de forma regular, com bom rendimento. Portanto, vale a pena fazer a poda no período indicado, principalmente se sua intenção for colher frutos.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Participe dos nossos grupos

FacebookEntre para nosso GRUPO!

Faça parte da nossa comunidade de DECORAÇÃO e ORGANIZAÇÃO

Deixe seu comentário