Início » Plantando » Cacto Parafuso e os principais cuidados para manter sua plantinha sempre saudável

Cacto Parafuso e os principais cuidados para manter sua plantinha sempre saudável

O Cacto Parafuso é uma espécie de cacto exótica e fascinante, conhecida por seu padrão espiralado que lembra um parafuso.

Originário da América do Sul, este cacto é visualmente impressionante, mas é relativamente fácil de cuidar, desde que algumas orientações básicas sejam seguidas.

Confira a seguir os cuidados essenciais para manter um cacto parafuso saudável e florescente.

Condições de Luz

cuidados com cacto parafuso (4)

Como a maioria dos cactos, esse requer uma quantidade significativa de luz solar para prosperar.

O melhor é que a planta receba pelo menos seis horas de luz solar direta diariamente. Mas se estiver crescendo dentro de casa, uma janela onde o sol bata de forma direta, é o local ideal.

Rega

O regime de rega do cacto parafuso é crucial para sua saúde. Este cacto prefere um ambiente mais seco, por isso é importante não regar em excesso.

Durante os meses de crescimento ativo, na primavera e no verão, a rega pode ser realizada quando o solo estiver completamente seco ao toque. Um bom método para verificar isso é inserir um palito ou uma pequena vareta no solo; se sair limpo, é hora de regar.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

No entanto, durante o outono e inverno, a frequência de rega deve ser reduzida significativamente, pois a planta entra em um período de dormência. Nesta época, a rega pode ser limitada a uma vez por mês, ou até menos, dependendo das condições ambientais.

Temperatura e Humidade

O cacto parafuso é muito resistente, mas não lida bem com o frio extremo. A temperatura ideal para o crescimento saudável dessa planta está entre 20°C e 30°C.

Durante o inverno, é importante proteger a planta de temperaturas abaixo de 10°C. Portanto, se estiver plantada em vasos, ela deve ser movida para dentro de casa ou para um ambiente controlado em regiões mais frias, como uma estufa, por exemplo.

Quanto à umidade, esse cacto prefere ambientes secos, típicos de seu habitat natural. Ambientes internos muito úmidos podem favorecer o surgimento de fungos, então é vital garantir uma boa circulação de ar ao redor da planta.

Solo e Transplante

Misturas de solo específicas para cactos, que geralmente contêm uma combinação de terra, areia grossa e perlita, são ideais. Evite solos que retenham muita umidade, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes.

Transplantes são raramente necessários, uma vez que o crescimento desse cacto é relativamente lento. Transplante a planta apenas quando observar que as raízes começaram a sair pelos orifícios de drenagem do vaso.

Adubação do Cacto Parafuso

cuidados com cacto parafuso (1)

A adubação pode ajudar  no crescimento mais robusto e saudável. Portanto, durante a primavera e o verão, aplique um fertilizante diluído para cactos uma vez por mês pode fornecer os nutrientes necessários para o crescimento.

Evite fertilizar durante os meses de outono e inverno, quando a planta está dormente.

Problemas Comuns e Soluções

Algumas das preocupações comuns ao cuidar de um cacto parafuso incluem o apodrecimento das raízes, infestações de pragas como cochonilhas e ácaros.

O apodrecimento das raízes pode ser evitado assegurando que o solo tenha boa drenagem e evitando regar em excesso. Pragas podem ser tratadas com inseticidas específicos para cactos, ou uma mistura natural de água e sabão neutro.

Com a luz adequada, rega correta, e atenção a detalhes como temperatura e solo, seu cacto não só sobreviverá, mas irá prosperar, tornando-se um destaque em qualquer coleção de plantas.

CONFIRA Também: Cacto Monstro: aprenda a cultivar essa plantinha resistente e super rara

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    É formada em Marketing pelo Centro Universitário Internacional e atriz licenciada pelo SATED/PR desde 2017. Trabalha com gestão de mídias sociais e redação criativa além de atuar em várias frentes de comunicação midiáticas.

    Deixe seu comentário