Início » Pets » O que fazer para seu gato não fugir de casa? 5 soluções simples para garantir a segurança do bichano

O que fazer para seu gato não fugir de casa? 5 soluções simples para garantir a segurança do bichano

Descubra, aqui, soluções simples e eficientes que vão evitar que seu gato fuja de casa, mantendo-o seguro e saudável!

Quem tem gato em casa precisa ter uma preocupação: evitar que o bicho fuja. Quando tem acesso à rua, o gato fica suscetível a riscos, como acidentes e doenças. Por isso, é bom evitar que fuja.

Mas o que você pode fazer para seu gato não fugir? Aqui, você confere cinco soluções simples para garantir que o bichano fique em casa e seguro. Continue a leitura para descobrir quais são!

1. Castre o gato

O que fazer para seu gato não fugir de casa? 5 soluções simples para garantir a segurança do bichano

A castração é importante porque ajuda a evitar doenças, além de reduzir bastante a vontade do gato de sair de casa. Dessa forma, é possível reforçar sua segurança.

Vale lembrar que esse procedimento deve ser feito por um veterinário, em local adequado. O profissional também esclarecerá suas dúvidas sobre a castração e principais cuidados que devem ser tomados no pós-procedimento.

2. Coloque telas no imóvel

tela de proteção para gato

O gato pode passar por qualquer fresta, por isso é muito importante bloquear locais com potencial de fuga usando telas. Essa dica vale tanto para apartamentos como para casas.

A indicação é que instale telas em janelas, varandas, quintais, jardins, entre outros locais, evitando não somente fugas, mas também o risco de queda e de acidentes com o animal.

3. Entretenha seu gato

gato brincando

Quando o gato está entretido no ambiente, ele dificilmente tem vontade de fugir para explorar outros lugares. Por isso, é importante que enriqueça o ambiente com brinquedos para entreter o bichano.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Procure instalar arranhadores e brinquedos interativos como os com penas, bolinhas, varinhas, túneis, entre outros. Quanto mais diversão e entretenimento o gato tiver, melhor.

4. Tenha uma rotina de limpeza do cantinho do gato

limpeza caixa de areia do gato

O gato é um animal que gosta de ter seu cantinho de fazer necessidades e de alimentação sempre limpo. Senão, ele procura um outro espaço para isso.

Portanto, tenha o costume de manter caixas de areia limpas. Se possível, tenha mais de uma em casa. Além disso, mantenha o comedouro e o bebedouro sempre higienizados.

5. Faça passeios de rotina

gato passeando

Esta é uma dica que funciona porque possibilita que o gato conheça novos lugares e não tenha tanto interesse em fugir. O ideal é que leve o bichano para praças ou locais seguros para se habituar com a rotina de passeio.

Use um peitoral e guia para possibilitar que o gato ande e se movimente sozinho, sem ter o risco de fugir e não conseguir alcançá-lo a tempo. Tente fazer os passeios no mesmo horário, para que o gato se acostume.

O que fazer se seu gato fugir?

gato fugindo de casa

O ideal é que o procure na região próxima onde ele se perdeu. De maneira geral, os gatos costumam retornar para o lar, principalmente quando são bem cuidados e recebem amor e carinho.

Eles possuem olfato aguçado, o que permite que encontrem o caminho de volta com uma certa facilidade. Para aumentar a chance de encontrar seu gato, ao levá-lo para passeio sempre coloque uma plaquinha de identificação no pet.

Ao encontrá-lo novamente, procure um veterinário para exame físico. Isso ajudará a identificar se sofreu algum trauma e providenciar o devido tratamento. Além disso, o profissional pode prescrever medicamentos contra parasitas, avaliar a necessidade de vacinação, entre outros cuidados.

Entre as principais doenças que podem acometer os gatos estão a FIV (Aids felina) e a FeLV (leucemia felina). Também há a esporotricose, que pode ser transmitida para humanos.

Em todos os casos, o diagnóstico precoce é a melhor forma de garantir a qualidade de vida do gato, portanto, a visita ao veterinário é essencial e não deve ser adiada!

Por que os gatos fogem?

gato

Os gatos são animais curiosos, que gostam conhecer novidades e de controlar o espaço. Eles precisam gastar energia e são caçadores. Por isso, há uma tendência maior para que fujam de casa, ainda que recebam amor e atenção de seus tutores.

No entanto, existem alguns fatores que podem contribuir para que os gatos tenham mais vontade de fugir. Um deles é não ser castrado, pois o animal parte em busca de parceiros.

Outro é um ambiente inadequado, sem cuidados, o que faz com que o gato se sinta desconfortável. Sem ter acolhimento e proteção, o bichano foge e não volta mais.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

    Deixe seu comentário