Início » Jardinagem » Tipos de Flores » Gardênia – Características da flor, Significado e Como cultivar

Gardênia – Características da flor, Significado e Como cultivar

A gardênia é uma flor conhecida por ser bastante perfumada, com um agradável aroma que possui efeito relaxante. Natural da África, sul da Ásia e Oceania, esta flor da família Rubiaceae também é conhecida como Jasmim-do-cabo.

Além do perfume, essa perene planta ornamental também chama a atenção pela sua beleza. Se você quer o seu cantinho bonito e perfumado, talvez essa seja uma flor que te encante. Então, continue a leitura para conhecer mais sobre esta planta incrível.

Gardênia

Características da Gardênia

A família das Rubiáceas contém aproximadamente 250 espécies de Gardênias. A mais conhecida é a Gardenia jasminoides, planta que pode chegar a até os dois metros de altura.

Suas flores são grandes, brancas e cerosas, e as folhas de um brilhante tom de verde-escuro. Com o tempo, as pétalas apresentam uma coloração creme com tons amarelados.

O rico aroma de suas flores é um destaque da Gardênia, e lembra o do Jasmim. Aliás, seu perfume é tão destacado que é tema de músicas, como o bolero de Bienvenido Granda ou Gardenia, do Iggy Pop (escute as músicas abaixo). Assim, é interessante mantê-la próxima a janelas e portas, para que o aroma se espalhe por toda a casa.

Floração da Gardênia

A floração da gardênia acontece entre a metade da primavera e o começo do verão. As flores variam entre simples ou dobradas, e também de tamanho – entre pequenas e grandes. E da polpa amarela de seus frutos, são extraídos corantes para o artesanato e a indústria.

Além disso, esta planta também tem propriedades medicinais. É utilizada em sessões de Aromaterapia (Terapia dos Aromas) para proporcionar um efeito tranquilizante, proporcionando uma melhor qualidade de sono.

Também costuma ser usada em remédios para gripes e resfriados, e até mesmo na culinária. As flores de gardênia podem ser consumidas, e podem ser utilizadas em receitas de picles, geleias, chás e saladas.

Coloração creme da planta

Significado e simbologia

Seu nome vem da classificação feita pelo botânico sueco Carl von Linné (1707-1778) em referência ao naturalista Alexander Garden (1730-1791).

A gardênia representa inocência, sinceridade e doçura, que são sentimentos considerados puros. É muito comum que a flor seja escolhida para buquês de casamento, por também simbolizar pureza, amor e sofisticação. O “amor platônico” costuma ser ligado à representação da gardênia.

Como plantar e cultivar gardênia

Gardênias devem ser cultivadas em locais bem ensolarados, pois elas são acostumadas com boa incidência de luz solar. O solo também exige cuidados, precisando estar bem adubado para que ela floresça bem. Recomenda-se um solo fértil, rico em nutrientes, relativamente ácido, e bem drenável.

É muito importante atentar-se às regas, pois ela precisa de bastante água para ter a umidade necessária para seu crescimento. Portanto, tem que regar constantemente, mas sempre atentando para não encharcá-la, pois pode gerar fungos.

Caso as flores comecem a apresentar folhas amarelas e quedas de brotos, é porque está precisando de água, sol, fertilizante ou calor.

Falando em possíveis incômodos, é possível passar spray de bicarbonato de sódio para evitar parasitas, se for o caso. Outra alternativa é o uso de sabonetes inseticidas encontrados em lojas de produtos para jardim.

A temperatura ideal para seu cultivo é uma amena, e gardênias não toleram baixa umidade do ar. Inclusive, é uma planta que se adéqua bem a lugares de noites frias. Nos meses quentes, ela necessita de um pouco de sombra, pois apesar de gostar de sol é bom evitar o excesso.

Plantar gardênia no jardim

Cultivo em vasos e jardins

É possível cultivar gardênias em vasos, mas eles precisam ser grandes (no mínimo 50 cm de diâmetro x 50 cm de altura), para que elas possam se desenvolver bem. E se as raízes começarem a sair pelo vaso, é preciso movê-la para um maior.

Os períodos ideais para o seu plantio são no início da primavera ou outono. Caso seja no jardim com outras plantas, gardênias ou não, é necessário manter uma distância de 1 a 2 metros entre elas.

Em relação às podas, o período mais recomendado é após a floração, e as pontas removidas podem ser usadas para formar novas mudas.

Vaso de gardênia

Gostou das gardênias? Como pôde ver, são flores muito bonitas e bastante perfumadas, então seu jardim só tem a ganhar. Concorda? Então comenta aí pra gente saber.

Comente