Início » Decoração » Reforma valoriza a natureza e a memória de um apartamento de 60 anos

Reforma valoriza a natureza e a memória de um apartamento de 60 anos

Um apartamento de 60 anos de história, com 132m² em São Paulo, ganha uma reforma cheia de charme e personalidade pelas mãos do arquiteto Gabriel Mazorra, do escritório Mazorra Studio, que admite que tal projeto foi um desafio e tanto!

O profissional resgatou o piso original de tacos de ipê, usou bricks e granilite para dar um toque rústico e trouxe a natureza para dentro do lar de uma família apaixonada pelo verde.

reforma de apartamento de 60 anos
Foto: Sidney Doll

O objetivo era atualizar a planta original, que datava dos anos de 1960, sem perder a memória e a identidade do imóvel. Ademais, ele tinha que atender aos desejos da moradora, que queria um lar aconchegante, colorido e com muitas plantas.

“Ela é uma pessoa muito ligada à natureza e queria trazer esse clima para dentro de casa. Por isso, usamos materiais naturais, como madeira, palha, tijolo e granilite, e criamos espaços para as folhagens”, conta Mazorra.

Sala de jantar

A sala de jantar é um dos ambientes mais marcantes do projeto, pois revela a história do apartamento. 

sala de jantar com bricks na parede
Foto: Sidney Doll

Ao retirar o laminado que cobria o piso, o arquiteto descobriu um belo taco de ipê com uma disposição retangular e uniforme. “Ficamos encantados com essa descoberta e decidimos valorizar esse elemento, que é um patrimônio do imóvel”, diz Mazorra. 

Para combinar com o tom alaranjado do taco, ele escolheu um revestimento de bricks na cor terracota para a parede principal e o corredor que leva aos quartos. 

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

“Os bricks são mais finos que os tijolos comuns e têm uma textura irregular que dá um charme rústico ao ambiente”, explica o arquiteto. 

A iluminação da sala de jantar também chama a atenção pela criatividade. O arquiteto usou pendentes em forma de globo, mas com alturas e direções diferentes, criando um efeito lúdico e divertido. 

A mesa de madeira com cadeiras de palha completa o clima acolhedor e convidativo para as refeições em família ou com amigos. “Essa é uma sala de jantar que celebra o amor e a afetividade, que são os valores da família”, conclui Mazorra.

Cozinha

De fato, a cozinha foi um dos espaços que mais mudou na reforma do apartamento. 

Antes isolada, ela ganhou uma abertura generosa para se conectar à área social e receber a luz natural. O arquiteto Gabriel aproveitou essa abertura para criar um efeito surpreendente: pintou a viga, o teto e a porta de azul klein, uma cor vibrante e moderna. “Essa foi uma forma de destacar o pé-direito e dar um toque de personalidade ao ambiente”, explica Mazorra.

viga, teto e porta em cor azul klein em apartamento
Foto: Sidney Doll

Ainda nesse espaço, o profissional usou materiais contrastantes, como o metal, o granito, o quartzo, o ladrilho hidráulico e o MDF, para criar uma composição harmoniosa e funcional 

Além disso, a cozinha também ganhou uma bancada elevada de metal, que dá leveza e contemporaneidade ao espaço. A bancada serve de apoio para o balcão de serviço, revestido de granito preto escovado, criando um contraste com a outra bancada de quartzo branco e o piso de granilite. 

“O granilite é um material que remete à época de construção do prédio, por isso escolhemos usá-lo na cozinha”, diz o arquiteto. 

cozinha ampla em apartamento
Foto: Sidney Doll

O ladrilho hidráulico no frontão da pia e o MDF nos armários e no cantinho do café completam o décor da cozinha, que tem um fundo falso para esconder a tubulação da coifa sobre o cooktop.

Aliás, a cozinha se integra à sala de jantar e de estar, criando um ambiente acolhedor e convidativo para os moradores e visitantes 

Para aumentar a capacidade de armazenamento da cozinha, o arquiteto reduziu o quarto de serviço e criou uma despensa, que não existia antes. A lavanderia ficou mais compacta e funcional, atendendo às necessidades da família.

Sala de TV e estar

Esse é um ambiente agradável e amplo, onde o arquiteto Gabriel Mazorra explorou a ilusão de ótica para criar uma sensação de continuidade.

Nesse sentido, ele fez um recorte na parede da TV e colocou um espelho, que reflete a cortina e amplia o espaço. 

sala de estar ampla com quadro encostado na parede
Foto: Sidney Doll

O piso de madeira escura contrasta com as paredes claras, criando um mix de texturas que valoriza os móveis e objetos de decoração. Entre eles, se destaca a Poltrona Mole, um ícone do design brasileiro assinado por Sérgio Rodrigues, e as pequenas galerias de arte que adornam as paredes.

No lugar de um rack, o arquiteto Gabriel Mazorra optou por um banco que serve de apoio para os itens de decoração e também pode vira um assento extra, quando necessário.

Lavabo

lavabo com papel de parede de plantas
Foto: Sidney Doll

O lavabo foi criado a partir de uma área que pertencia à área de serviço, e ganhou uma personalidade única no projeto. 

A parede ganhou um papel de parede com estampa de folhagens, remetendo à natureza tão apreciada pelos moradores. 

A bancada preta contrasta com o papel de parede e os metais dourados, dando um toque de sofisticação ao ambiente. Para sustentar a bancada, Gabriel escolheu uma estrutura de metal com uma prateleira de madeira para os produtos de higiene e decoração 

Quarto infantil 

O quarto da filha de seis anos foi pensado para acompanhar o seu crescimento e as suas descobertas. Dessa forma, o arquiteto transformou um quarto sem banheiro em uma suíte charmosa e funcional, com apenas 4m². 

banheiro de apartamento com granilite
Foto: Sidney Doll

Para isso, ele teve que fazer uma nova tubulação acima do piso, criando um degrau para o acesso ao banheiro. O granilite foi o material escolhido para o piso e o box, por ter um estilo vintage e nostálgico que combina com a época do prédio.

A estante planejada que já existia no quarto foi reaproveitada e pintada de verde candy, uma cor lúdica, viva e alegre que harmoniza com o banco de leitura. 

As plantas também estão presentes no papel de parede ao lado da cama montessoriana, que pode ser substituída por uma cama de casal no futuro, se necessário.

quarto infantil amplo com cama montessoriana
Foto: Sidney Doll

Aliás, a cama está próxima da parede, liberando mais espaço para a circulação e as brincadeiras da menina. 

Suíte master 

suíte master em apê com degradê em parede principal
Foto: Sidney Doll

O quarto principal se diferencia pelos móveis assimétricos nas laterais da cama, que dão um toque de originalidade ao ambiente. 

O papel de parede que simula um degradê de cores entre o rosa e o branco é outro detalhe que chama a atenção.

suíte de apartamento com tom degradê em parede
Foto: Sidney Doll

Já na reforma do banheiro, um piso elevado de granilite se estende pelo box. A bancada da pia foi renovada e a iluminação ganhou reforço com arandelas leitosas que iluminam o rosto sem criar sombras indesejadas.

banheiro com granilite e tons neutros
Foto: Sidney Doll

Além disso, o arquiteto instalou uma banheira com chuveiro de teto, para proporcionar momentos de relaxamento aos moradores.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalha com escrita criativa, revisão e tradução. Fluência em Inglês e atualmente estudando Espanhol. Se formou em Comércio Internacional e Técnico em Marketing, mas está agora realizando o sonho de estudar Biologia. É apaixonada por palavras, natureza, tornados, heavy metal e psicologia forense.

Deixe seu comentário