Início » Dicas » Dicas Incríveis para Economizar na Compra de Material Escolar em 2024

Dicas Incríveis para Economizar na Compra de Material Escolar em 2024

Não gaste mais do que o necessário com o material escolar em 2024. Confira nossas dicas e economize na hora da compra.

À medida que o ano letivo se aproxima, pais e responsáveis enfrentam o aumento nos preços do material escolar. Com a escalada dos preços em 2024, buscar estratégias para economizar se torna essencial.

Neste texto, forneceremos algumas dicas interessantes para ajudar você durante a compra do material escolar de 2024. Assim, você poderá atender às necessidades educacionais dos seus filhos sem comprometer o orçamento familiar.

material escolar 2024 está mais caro

Preço do material escolar subiu muito em 2024

O início de 2024 trouxe consigo uma elevação significativa nos custos de materiais essenciais para o ano letivo. Em comparação com o ano anterior, os itens de papelaria sofreram com preços entre 7% e 9% acima, superando a inflação do período anterior fixada em 4,68%.

A alta no valor de insumos importados, combinada à valorização da moeda norte-americana, impactou diretamente o mercado, com produtos como cadernos e lápis de cor experimentando um acréscimo de até 15% em seus preços.

Veja aqui: Materiais Escolares que as escolas são PROIBIDAS de colocar nas listas em 2024 

7 Dicas para Comprar Material Escolar mais Barato em 2024

Frente ao cenário econômico atual, a adoção de medidas inteligentes para a compra de material escolar se faz mais necessária do que nunca. Portanto, separamos para você as 7 melhores opções, dentre tantas disponíveis, para colocar em prática ainda nesta semana:

  1. Faça uma pesquisa ampla por preços mais vantajosos, visitando lojas físicas e e virtuais atrás dos melhores preços e vantagens;
  2. Busque descontos especiais, algo muitas vezes possível em compras volumosas. Portanto, a dica é reunir outros pais para uma “compra coletiva” de material escolar;
  3. Selecione apenas os itens que garantam durabilidade e que sejam condizentes com a etapa de aprendizado do aluno;
  4. Reaproveite materiais do ano anterior, contando que eles estejam em condições adequadas de uso;
  5. Realize trocas de materiais com outros alunos, colaborando igualmente para iniciativas sustentáveis e de baixo custo. Aproveite as sobras do ano anterior para tal ação;
  6. Se você tiver condições, tire proveito dos descontos de pagamentos à vista e programas de cashback;
  7. Por fim, busque fontes alternativas para itens como mochilas, comprando em lugares que possam oferecer valores mais baixos.

Atenção ao que não pode ser pedido na lista de material escolar

Compra de material escolar 2023: veja a lista correta para a 3ª série do Ensino Fundamental

É fundamental que os consumidores estejam atentos à legislação vigente sobre a composição das listas de material escolar. As instituições de ensino só podem exigir itens destinados ao uso individual e didático, sendo ilegal a solicitação de materiais de uso coletivo ou de marcas exclusivas, com a exceção de livros didáticos e apostilas.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Produtos de uso comum nas dependências escolares, tal como itens de limpeza, também devem estar fora da lista. Uma Lei Federal, que se aplica em todo o país, garante essa questão, então fique atento.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário