Início » Decoração » Brinquedos para Cachorros – Saiba como escolher de acordo com o perfil do seu cão

Brinquedos para Cachorros – Saiba como escolher de acordo com o perfil do seu cão

O mercado dos pets tem se desenvolvido cada vez mais e apresentam inúmeras novidades para melhorar a qualidade de vida do seu animal, seja ele uma ave, um réptil, gato ou cachorro. Um dos setores que beneficiam os pets são os brinquedos. Os brinquedos para cachorro podem ser utilizados para diversas finalidades.

O enriquecimento ambiental com brinquedos é uma forma de melhorar as interações do seu cachorro com a casa. Eles fornecem novas oportunidades para experiências positivas e divertidas que manterão o animal entretido. Além disso, a melhora na qualidade de vida dos pets permite que eles vivam mais e fiquem mais saudáveis.

Cachorro mordendo uma bola de brinquedo

Quais os melhores brinquedos para cachorro?

Para manter ou melhorar a qualidade de vida do seu melhor amigo, o mercado possui uma grande variedade de brinquedos que possuem funções específicas e podem ser utilizados para as mais variadas atividades. Investir nos brinquedos certos é fazer seu animal mais feliz e saudável.

No entanto, apesar de úteis principalmente para distraí-los, alguns brinquedos podem ser perigosos se dados a um animal que não tem idade para brincar com ele. Por isso, é importante que você conheça a demanda do seu cachorro e as características do brinquedo.

Durabilidade:

Nem sempre os brinquedos mais baratos serão a melhor opção. Isso porque o custo está relacionado com a qualidade e, consequentemente, a durabilidade do produto. Lembre-se que o cachorro estará sempre jogando o brinquedo de um lado para outro.

Assim, o produto precisa ser feito de um material que permita sua rigidez, porém seja maleável ao mesmo tempo. O ideal é que sejam fabricados com materiais que não se desfaçam com o tempo. Brinquedos feitos de nylon, plástico e borracha, incentivam a mastigação e são mais resistentes a mordidas e brincadeiras.

Materiais:

Existem brinquedos de todos os tipos de materiais, porém, os mais indicados são aqueles são mais resistentes a mordidas e brincadeiras, atóxicos e livres de BPA, substância que pode ser cancerígena. Além disso, brinquedos que não foram feitos especificamente para os pets, como os feito em casa com garrafas pet, podem causar problemas no organismo deles.  Garrafas pet podem se fragmentar, causando dano ao cachorro.

Filhotes:

Os filhotes não podem ter contato com qualquer tipo de material até que tenham resistência contra certos agentes. Além disso, alguns materiais são rígidos demais para seus dentes pequenos.

Tamanho do brinquedo:

O tamanho do brinquedo também deve ser considerado.  As embalagens costumam conter o peso do cão que pode utilizar aquele produto. De forma geral, brinquedos menores são para pets de menor porte. Já os brinquedos maiores, para cães de porte maior. No entanto, fique atento também ao tamanho das peças para a segurança do seu animal.

Segurança:

A segurança dos seus animais também é primordial para a escolha do brinquedo. Alguns brinquedos possuem peças que podem ser engolidas pelo cachorro durante a brincadeira, ou ainda podem machuca-los.

Assim, o ideal é sempre verificar as orientações para uso e precauções na embalagem do produto. A segunda orientação é prestar atenção às seguintes características:

  • Brinquedos com peças pequenas e retiráveis;
  • Brinquedos de materiais que podem rasgar;
  • Componentes de ferro ou aço muito rígidos (principalmente para filhotes).

Higiene:

É importante também que o brinquedo possa ser lavado, para manter a higienização e evitar que ele contraia doenças. Isso é ainda mais importante se você tiver mais de um pet em casa, outro cachorro ou gato, e eles compartilham os brinquedos. Alguns brinquedos permitem que sejam fervidos, outros podem ser lavados com vinagre ou água sanitária para desinfetar.

Vantagens para o cachorro

  • Para roer os dentes. Se você tem um filhote, um brinquedo para morder é uma ótima opção para eles;
  • Movimentar as articulações: cães mais velhos precisam de estímulos para movimentar seus músculos, estimulando as articulações e evitando sérios problemas de locomoção;
  • Entretenimento: cães que passam muito tempo sozinhos podem ficar com tédio e desenvolver problemas comportamentais. Brinquedos que estimulem a interação faz com que eles se distraiam de uma maneira saudável até o dono voltar para a casa;
  • Ajuda para se alimentar: alguns animais possuem doenças que o fazem perder o apetite ou até aqueles que ficam com saudade do dono e deixam de comer a ração. Assim, alguns brinquedos permitem a interação na hora de se alimentar, permitindo que o animal se divirta enquanto se alimenta ou ingere água. Brinquedos que contem com ração ou petisco, estimula o olfato e deixa o cachorro interessado no alimento por mais tempo.

Comente