Início » Pets » 8 dicas CRUCIAIS para criar gato em apartamento; você NÃO PODE ignorar a 7ª

8 dicas CRUCIAIS para criar gato em apartamento; você NÃO PODE ignorar a 7ª

Confira oito dicas que lhe ajudarão a criar gato em apartamento, tornando essa tarefa muito mais simples e prática.

Pensa em criar gato em apartamento, mas não sabe exatamente como fazer isso? Se tomar alguns cuidados dá para tornar o imóvel seguro para o pet, garantindo seu bem-estar.

Aqui, apresentamos 8 dicas que lhe ajudarão a criar gato em apartamento com mais facilidade e segurança! Continue a leitura, descubra quais são e aproveite para adotá-las!

1. Castre o gato

8 dicas CRUCIAIS para criar gato em apartamento; você NÃO PODE ignorar a 7ª

A castração evita que o gato tente fugir quanto está no cio. Além disso, contribui para a limpeza do apartamento, pois o pet não faz xixi por todo o imóvel para demarcar território.

Outro benefício importante de castrar o felino é que se evita que os miados dos animal quando está no cio incomodem os vizinhos. Assim, reduz-se a possibilidade de reclamações e multas.

2. Cuide da alimentação do gato

Cuide da alimentação do gato
Cuide da alimentação do gato

 

Garantir uma boa alimentação para seu gato é muito importante! Desse modo, terá menor risco de contrair doenças. O ideal é que dê ração de qualidade para o pet, priorizando a premium, que tende a ter todos os nutrientes mais importantes.

Além disso, não exagere na quantidade! A embalagem da ração traz informações sobre a porção ideal e se recomenda que a siga. Assim, conseguirá reduzir o risco de seu gato ficar obeso, o que aumenta a possibilidade de desenvolver doenças.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Indica-se que dê ração para o gato duas vezes ao dia, preferencialmente de manhã e de noite. Deixe, ao lado do comedouro, um bebedouro, para facilitar o acesso do gato à água.

3. Tenha uma rotina de limpeza

Tenha uma rotina de limpeza do seu gato
Tenha uma rotina de limpeza do seu gato

Os gatos são animais de estimação higiênicos, tanto que se percebem que a área de fazer suas necessidades está suja, eles passam a fazê-las pelo apartamento.

Isso pode deixar piso, móveis e acessórios com mau cheiro. Quer evitar esse problema? Então, é só adotar uma rotina de limpeza da caixa de areia dos pets. O ideal é que faça a limpeza e troca diariamente.

Outro cuidado que se deve ter é lavar o comedouro e bebedouro do gato todos os dias. Isso evita a proliferação de fungos e bactérias, prevenindo doenças. Além disso, impede infestações da área por formigas e baratas.

4. Escove o gato regularmente

Escove o gato regularmente
Escove o gato regularmente

Vale lembrar que gatos soltam muito pelo, por isso a recomendação geral é que faça escovações regulares da pelagem com luvas. Além disso, varra a casa ou passe o aspirador de pó com frequência.

Para fazer a escovação, dá tanto para garantir luvas próprias para esse fim como escovas com cerdas macias. Durante esse processo, aproveite para verificar se a pele do gato possui alguma irregularidade, como ferimentos. Em caso positivo, consulte um veterinário.

5. Passeie com o pet pelo condomínio

Passeie com o pet pelo condomínio
Passeie com o pet pelo condomínio

Sempre que possível, passeie com o pet pelo condomínio. Essa atividade possibilitará que o animal se exercite, contribuindo positivamente com sua saúde.

Para evitar que o felino fuja, utilize um peitoral com guia, que nada mais é do que uma versão mais confortável da coleira tradicional. O ideal é que antes de colocá-lo no animal deixe que ele brinque um pouco com a peça, para que não a estranhe.

Fora do apartamento, pode ser que o gato seja resistente a fazer caminhadas. Recomenda-se não o forçar, para não provocar traumas. Essa deve ser uma atividade prazerosa.

6. Dê brinquedos interativos para seu gato

brinquedos interativos para seu gato
brinquedos interativos para seu gato

Os brinquedos interativos são as melhores opções para distrair seu gato, fazendo com que gastem energia. Com eles, o pet não fica entediado e tem um menor risco de sofrer doenças físicas e psicológicas.

Entre os principais, destaque para os brinquedos com petiscos e catnip, bem como aos circuitos para seu gato passear ao longo do dia.

7. Instale tela em janelas e varanda

tela em janelas e varanda
tela em janelas e varanda

As telas de proteção são essenciais, pois evitam que o gato saia pela janela, varanda ou qualquer fresta, minimizando acidentes e o risco de fuga.

Se o gato consegue escapar, há chance de que seja atropelado e não consiga retornar ao lar. Portanto, telar o apartamento é fundamental! É um investimento que se faz na proteção do pet e vale muito a pena!

8. Invista em arranhadores

Invista em arranhadores
Invista em arranhadores

Quer que seu pet tenha uma distração extra além dos brinquedos e que não danifique seus móveis? Então, é importante investir em arranhadores, o que ajudará a tirar a atenção do seu pet do seu sofá ou poltrona.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

    Deixe seu comentário