Início » Decorando » Como incorporar móveis antigos na decoração contemporânea?

Como incorporar móveis antigos na decoração contemporânea?

A decoração contemporânea oferece um cenário diversificado, trazendo inúmeras possibilidades para a expressão do estilo pessoal. Tanto, que muitas vezes torna-se difícil definir qual abordagem seguir. Nem sempre é simples identificar seu estilo pessoal, mas saiba que se gosta de móveis antigos esta é uma excelente forma de trazer personalidade para seu ambiente.

A combinação do antigo com o contemporâneo pode criar espaços visualmente ricos e envolventes, onde o passado e o presente se entrelaçam harmoniosamente.

Além disso, a inserção de móveis antigos pode estar ligada com heranças familiares, trazendo memória afetiva e história para a decoração do seu lar.

Neste artigo, exploraremos estratégias práticas para incorporar móveis antigos na decoração contemporânea, trazendo mais autenticidade para o seu espaço.

Contraste

Pode ser que acredite que não se deva unir velho com o novo, e busque formas de modernizar o seu móvel antigo. A verdade é que neste caso buscamos o contrário.

A intenção é criar contraste entre os dois estilos, destacando a singularidade das peças antigas, e permitindo que elas se destaquem de maneira proeminente em meio aos elementos mais modernos.

cristaleira madeira decor contemporaneo

Dar novo uso

Dar um novo uso para um móvel antigo é uma ótima estratégia para incorporá-lo ao estilo contemporâneo. Você pode utilizar uma cadeira ou baú como mesa de cabeceira, por exemplo.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

bau de madeira como mesa de cabeceira

Troca do tecido

A troca do tecido causa grande impacto na restauração de um móvel. Avalie o seu ambiente de forma geral e identifique a melhor opção de tecido para que a harmonia do espaço não seja prejudicada.

poltrona antiga com novo estofado

Pintura e restauração

Nos casos em que o móvel antigo precise de restauração, poderá avaliar o que pode ser feito para que essa peça torne-se útil novamente, e de que forma ela faria sentido no seu ambiente.

Uma maneira eficaz de modernizar móveis antigos é investir em pintura e restauração.

Escolha cores contemporâneas que se alinhem com a paleta geral do ambiente, e se necessário, troque os puxadores. Isso não apenas renova visualmente as peças, mas também as integra de maneira mais fácil ao design contemporâneo.

escrivaninha antiga restaurada

Mistura de materiais

A harmonização de diferentes materiais é interessante para trazer mais dinamismo ao espaço. Poderá combinar móveis antigos de madeira sólida, por exemplo, com elementos contemporâneos de outros materiais, como vidro, metal e laca.

sala de jantar com cadeira antiga

Acessórios modernos

Adicione acessórios contemporâneos para atualizar visualmente o espaço. Almofadas, tapetes, e luminárias modernas podem suavizar a transição entre o antigo e o contemporâneo, criando um ambiente mais coeso.

aparador antigo em sala contemporanea

Equilíbrio visual

Mantenha um equilíbrio visual no ambiente, evitando a saturação com móveis antigos. Nesses casos costumamos optar por uma menor quantidade de peças antigas, prevalecendo o estilo contemporâneo. Assim, as peças antigas terão maior destaque, equilibrando com as peças atuais.

cadeira balanço antiga de palha

Design atemporal

Escolha móveis antigos que apresentem linhas e detalhes que se alinhem ao estilo contemporâneo. Peças antigas com design atual, como as cadeiras de palha, por exemplo, se integram perfeitamente aos ambientes modernos.

mesa de jantar com cadeiras antigas

Personalização

Adicione elementos pessoais aos móveis antigos para torná-los mais relevantes e significativos para você. Esta personalização pode fortalecer a conexão emocional com as peças antigas.

cristaleira com decoraçao pessoal

A incorporação de móveis antigos na decoração contemporânea é uma jornada de equilíbrio e criatividade. Ao seguir estas dicas, é possível criar espaços que contam histórias, celebram a tradição e refletem o seu gosto atual.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Arquiteta formada pela UTFPR e Mestre em Engenharia da Construção Civil pela UFPR na área de sustentabilidade. Acredito que a arquitetura tem o poder de influenciar a vida das pessoas, e se tratada com cuidado e empatia, pode transformar o modo como você se relaciona com o seu lar, gerando uma sensação única de pertencimento e bem-estar."Arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir."

Deixe seu comentário