Início » Dicas » Tinta descascada na parede: 4 passos infalíveis para consertar esse detalhe desagradável

Tinta descascada na parede: 4 passos infalíveis para consertar esse detalhe desagradável

Se deparar com tinta descascada na parede é uma surpresa bem desagradável, não é? Esse é um problema comum que pode ocorrer com o passar do tempo.

No entanto, há soluções práticas para consertar isso e ainda prevenir que aconteça no futuro e lhe frustrar (de novo). 

Então, confira as etapas que você deve seguir para corrigir a tinta descascada na parede de vez e ainda garantir que o visual continue impecável.

Por que a tinta descasca?

tinta azul descascada na parede

Antes de tudo, é importante entender as causas da tinta descascada na parede.

Isso porque diversos fatores podem contribuir para esse incômodo, e conhecê-los é o primeiro passo para evitar problemas daqui a um tempo.

Entre as principais razões, estas merecem ser citadas:

Excesso de umidade

A umidade é uma das principais vilãs quando se trata de tinta descascada.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Ambientes úmidos ou com problemas de infiltração podem fazer com que a tinta perca sua aderência, resultando em descascamento.

Aplicação incorreta da tinta

Uma aplicação inadequada da tinta pode levar a problemas futuros. Desse modo, se a tinta foi aplicada sobre uma superfície suja, úmida ou com resíduos de tinta antiga, é provável que ela descasque com o tempo.

Qualidade da tinta

A qualidade da tinta utilizada é essencial para a durabilidade da pintura. Tintas de baixa qualidade tendem a descascar mais facilmente do que as de boa procedência.

Expansão e contração

Mudanças climáticas, como variações bruscas de temperatura, podem fazer com que a superfície da parede se expanda e contraia, prejudicando a aderência da tinta.

Falta de preparação da superfície

Superfícies não devidamente preparadas, como aquelas com poeira, gordura ou mofo, não permitem que a tinta se fixe adequadamente, levando ao descascamento.

Etapas para consertar tinta descascada na parede

correção de tinta descascada na parede

Os passos abaixo vão lhe ajudar a consertar a tinta descascada de suas paredes. Siga corretamente:

Passo 1: Prepare a superfície

Antes de mais nada, é essencial preparar adequadamente a superfície afetada.

Remova toda a tinta descascada com uma espátula ou lixa, tomando cuidado para não danificar ainda mais a parede.

Em seguida, limpe a área com água e sabão neutro para eliminar poeira, gordura ou mofo. Deixe a parede secar completamente antes de prosseguir.

Passo 2: Corrija imperfeições

Se houver imperfeições na parede, como rachaduras ou buracos, agora é o momento de corrigi-las.

Utilize massa para nivelar a superfície, preenchendo o que existir com cuidado. Após a aplicação, aguarde o tempo de secagem recomendado pelo fabricante da massa.

Passo 3: Pinte a parede

Com a superfície devidamente preparada e nivelada, escolha uma tinta de qualidade e, se possível, opte por uma com acabamento similar ao da tinta anterior para obter melhores resultados.

Utilize um pincel ou rolo de pintura, aplicando a tinta em camadas finas e uniformes.

Aliás, aguarde o tempo de secagem entre cada camada, seguindo as instruções do fabricante.

Passo 4: Aplique um selador

Por fim, para garantir uma maior durabilidade da nova pintura e evitar que a tinta descasque de novo, aplique um selador após a tinta ter secado completamente.

O selador ajudará a proteger a superfície e manter a pintura intacta por mais tempo.

Como prevenir que a tinta descasque?

remover tinta descascada da parede

É fácil adotar algumas medidas para prevenir que você acabe encontrando tinta descascada na parede. Confira essas dicas valiosas:

  • Limpeza regular: mantenha as paredes limpas e livres de poeira, sujeira e gordura, afinal, limpar com regularidade contribui para a preservação da pintura;
  • Atente-se à umidade: verifique se não há problemas de infiltração ou vazamentos nas paredes. Caso identifique algum, resolva-o o mais rápido possível;
  • Escolha tintas de qualidade: na hora de pintar ou repintar, opte por tintas de qualidade comprovada. Elas têm maior resistência e durabilidade;
  • Preparação adequada: antes de pintar, certifique-se de que a superfície está devidamente preparada, livre de impurezas que possam comprometer a aderência da tinta;
  • Evite mudanças climáticas bruscas: em locais com variações climáticas intensas, procure manter a temperatura ambiente estável para evitar a expansão e contração da parede.

. Lembre-se de que a prevenção é sempre a melhor solução, portanto dedique um tempinho para cuidar das paredes e garantir que elas fiquem sempre bonitas e bem cuidadas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Trabalha com escrita criativa, revisão e tradução. Fluência em Inglês e atualmente estudando Espanhol. Se formou em Comércio Internacional e Técnico em Marketing, mas está agora realizando o sonho de estudar Biologia. É apaixonada por palavras, natureza, tornados, heavy metal e psicologia forense.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.