Início » Dicas » “Toc, toc, toc”: Como saber se a madeira dos móveis da sua casa estão em bom estado

“Toc, toc, toc”: Como saber se a madeira dos móveis da sua casa estão em bom estado

A longevidade dos móveis de madeira repousa não só sobre as características do material empregado em sua confecção mas também no esmero e cuidado constante do proprietário.

Conhecer e identificar a condição atual da madeira dos móveis domésticos é crucial para prevenir danos irreparáveis e garantir sua durabilidade. Este artigo fornece um guia sobre como avaliar a qualidade e o estado de conservação dos seus móveis de madeira.

Como avaliar a qualidade dos móveis de madeira

cômoda de madeira rústica em quarto

Inspecione visualmente

Procure por rachaduras, lascas ou furos: A madeira rachada ou lascada pode ser um sinal de que o móvel está enfraquecido e pode precisar de reparo. Furos podem indicar a presença de insetos, como cupins.

Observe a cor da madeira: A madeira desbotada ou com manchas pode ser um sinal de que o móvel está exposto à luz solar direta ou à umidade excessiva.

Verifique se há sinais de desgaste: Móveis com cantos arredondados ou com a superfície lisa podem estar desgastados pelo uso.

Teste a firmeza

Balance o móvel levemente: Se o móvel balançar muito, pode ser um sinal de que as juntas estão soltas.

Aplique pressão sobre a superfície da madeira: Se a madeira ceder facilmente, pode ser um sinal de que está danificada.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Verifique se há sinais de insetos

Procure por pequenos buracos na madeira: Buracos na madeira podem ser um sinal de que há insetos, como cupins, dentro do móvel.

Observe se há pó fino ao redor do móvel: O pó fino pode ser um sinal de que há insetos perfurando a madeira.

Ouça sons

Bata levemente na madeira com o dedo: Se a madeira soar oca, pode ser um sinal de que está danificada.

Manutenção e Cuidados com a Madeira

A escolha acertada de móveis passa primeiramente pelo exame da matéria-prima. Madeira certificada é a primeira bandeira de qualidade, pois assegura origem legal e comprometimento com práticas de reflorestamento.

Selos como o DOF (Documento de Origem Florestal), FSC (Forest Stewardship Council), PECF e Cerflor são indicativos dessa responsabilidade ambiental.

Preservar a qualidade dos móveis de madeira demanda manutenção preventiva regular, incluindo reapertar conexões e checar a integridade estrutural para suporte de peso.

Evitar a exposição direta ao sol e à água é fundamental, bem como manter o ambiente seco e fresco, longe de fontes de umidade e calor.

A limpeza rotineira deve ser realizada com pano levemente úmido, seguida da aplicação periódica de cera ou óleo específico para madeira, preservando assim o acabamento e oferecendo proteção adicional.

Diante da constatação de danos, o melhor é consultar um marceneiro profissional que saberá indicar o melhor curso de ação para restauração ou manutenção.

Conhecimento compartilhado tem valor multiplicado. Não hesite em disseminar essas orientações com amigos e familiares, auxiliando-os a transformar a arte do cuidado com os móveis de madeira em uma prática comum do dia a dia.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Formado em Administração e Psicologia, e também fez curso de desenho. Fã de games, desenhos animados, séries e filmes.

Deixe seu comentário