Como trocar a planta de vaso sem deixá-la morrer; o momento CERTO e o passo a passo mais indicado

Descubra, aqui, como trocar a planta de vaso sem deixá-la morrer, com um passo a passo completo para lhe guiar!

Trocar a planta de vaso é essencial durante o cultivo, para garantir que tenha um ambiente adequado para continuar se desenvolvendo de forma saudável.

No entanto, não é todo mundo que sabe fazer esse procedimento. Este é o seu caso? Então, confira aqui como trocar a planta de vaso sem deixá-la morrer!

Por que trocar a planta de vaso?

Como trocar a planta de vaso sem deixá-la morrer; o momento CERTO e o passo a passo mais indicado

A troca da planta de vaso é importante para que ela tenha um espaço adequado para continuar crescendo, tendo a oxigenação necessária da raiz.

Além disso, possibilita o uso de um substrato novo, com mais nutrientes, ajudando no desenvolvimento da planta. Como resultado, terá um crescimento e uma floração mais expressivos e bonitos.

Como trocar a planta de vaso: confira um passo a passo

trocar uma planta de vaso

Se feita de forma correta, a troca de planta de vaso contribui positivamente com seu desenvolvimento e manutenção. Veja, a seguir, um passo a passo para realizá-la sem erros, evitando que a planta morra:

1. Escolha um vaso maior

Seu primeiro passo é escolher um vaso maior do que o utilizado atualmente na planta. Vale lembrar que quanto mais espaço o vaso tiver, mais a planta crescerá.

É importante que esse vaso tenha um sistema de escoamento da água, como furos na lateral ou no fundo. Dessa forma, evitará o excesso de água da rega, que pode apodrecer as raízes da planta.

2. Prepare a terra para transplante

O preparo da terra é essencial ao realizar o transplante (nome pelo qual a troca de vaso também é conhecida). Recomenda-se o uso de terra adubada (pode ser comprada pronta ou com adubo separado). Também dá para utilizar substrato.

Se sua ideia for substituir por um vaso muito grande, recomenda-se adicionar minerais como a perlita e a vermiculita (esta última é ideal para plantas que exigem mais umidade).

3. Faça a medição

Depois de preparar a terra, faça o processo de medição. Coloque um pouco da terra ou do substrato e insira o vaso atual dentro do novo, para criar um molde. Esse é um detalhe importante, pois ajuda a acertar a altura da planta no novo vaso. Assim, evita-se que fique mais alta do que o previsto.

trocando planta de vaso

4. Retire a planta do vaso

Feita a medição, seu próximo passo é retirar a planta do vaso atual. Trata-se de uma operação que exige o máximo de cuidado, para preservar o estado da planta.

Recomenda-se que esse processo seja feito de dois a três dias após a última rega. Desse modo, conseguirá tirar todo o torrão (planta e terra presa às raízes).

Para isso, basta rodar e forçar levemente as laterais do vaso, o que fará com que o torrão se descole do recipiente. É possível verificar se já houve o descolamento total virando o vaso para baixo, sempre segurando a planta. Confira se o vaso sai facilmente, mantendo o torrão compacto.

Um detalhe importante: não use pás pequenas ou outros instrumentos de jardinagem para realizar esse processo de retirada. Eles podem prejudicar a compactação e as raízes da planta.

5. Faça o transplante

Na sequência, coloque o torrão no vaso novo, completando com um novo substrato ou terra adubada até a altura desejada. Tenha o cuidado de preencher corretamente as laterais.

Caso tenha dificuldade para preenchê-las, use um espeto de pau ou hashi, acomodando a terra ou substrato com delicadeza, sem danificar a planta.

trocar a planta de vaso

6. Regue a planta

Finalizado o processo de troca de vaso, faça a primeira rega, tendo o cuidado de deixar a terra úmida e não encharcada. O excesso de água pode levar ao apodrecimento de raízes e surgimento de pragas e doenças.

Também é importante se atentar à luminosidade do local em que deixará a planta. Indica-se que a mantenha em um local que receba luz, seja no jardim ou internamente, nos primeiros dias após o transplante.

O ideal é que seja a luz do sol do começo da manhã ou do final da tarde, que é mais suave e evita o comprometimento de folhas e flores.

Qual o momento ideal de troca?

trocar planta de vaso

Depende do tipo de planta, mas normalmente se recomenda a troca entre dois e cinco anos, durante a fase de floração.

Também é possível fazê-la a qualquer momento quando identificar que a planta tem dificuldade para crescer ou florescer.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Participe dos nossos grupos

FacebookEntre para nosso GRUPO!

Faça parte da nossa comunidade de DECORAÇÃO e ORGANIZAÇÃO

Deixe seu comentário