Perpétua – Características, Significado, Decoração e Cultivo

Também conhecida como amaranto-globoso ou gonfrena, perpétua é uma planta herbácea muito popular e durável.

De origem indiana, a perpétua prefere climas mais quentes e, por isso, pode ser cultivada em grande parte do Brasil. Conheça mais sobre essa flor, suas características para identifica-la, seu significado e como cultivá-la!

flores de perpétua

[VEJA TAMBÉM: MARGARIDA]

Características da flor perpétua

O aspecto principal da perpétua são suas flores: a coloração roxa pode chamar a atenção de qualquer um, assim como o seu formato – de pequenos globos roxos.

Estas flores são bem pequenas e são envolvidas por brácteas que geram as inflorescências.

No entanto, hoje em dia a genética permite a produção da espécie em cores diversas, tais como a branca e a rosa, embora a sua versão mais queridinha seja a original.

ramalhete de perpétuas

[VEJA TAMBÉM: NARCISO]

Suas folhas possuem um aspecto oval-lanceoladas, com textura pilosa e tom verde-claro. A tonalidade roxa bem característica desta flor pode ser o fator decisivo para você identifica-la em relação as demais espécies de flores.

Semiereta, a perpétua pode alcançar até 40 centímetros de altura, por isso é considerada uma planta de pouca estatura.

Como dito anteriormente, sua preferência é por temperatura alta. Nesse caso, a perpétua se dá muito bem com os climas equatorial, mediterrâneo, subtropical, tropical, temperado e oceânico.

Seu ciclo de vida é anual! Isso quer dizer que é uma flor que não murcha, mas seus botões secam e se desbotam lentamente – o chão ao redor das flores fica coberto por nuances de lilás.

Significado da perpétua

perpétuas rosas

A flor perpétua tem como significado principal “muito amor”, ou seja, é uma espécie que se relaciona com o amor eterno – com o para sempre –, mas também com a devoção, riqueza e a amizade.

A flor na variedade rosa quer dizer “amor imortal”.

Essa associação de “perpétuo” com seu significado fica bastante claro quando se recorda de que a planta tem duração perene, não é?

[VEJA TAMBÉM: FLOR DE LOTUS]

Decoração e cultivo de perpétua

Versátil, a perpétua é um tipo de flor que pode compor inúmeras opções paisagísticas.

perpétuas em jardim

Uma delas é a planta ser usada como forração, afinal sua resistência ao sol é enorme. Suas flores roxas aparecem durante todo o ano, por isso fica uma forma charmosa de cobertura de algum espaço em seu jardim.

[VEJA TAMBÉM: AZALEIA]

Canteiros, maciços e bordaduras também são locais que podem ser cultivados perpétuas e até mesmo compondo a decoração com outras flores.

Outras opções são os arranjos florais e guirlandas de flores secas. Na área da medicina, a perpétua é utilizada como expectorante.

perpétuas roxas

O cultivo de perpétua começa na escolha de um local com sol pleno, isto é, a planta deve ter vista total para o sol, pois será ele o responsável pelo fornecimento de toda a energia necessária à planta para seu crescimento saudável.

Além disso, o solo para o cultivo de perpétua deve ser fértil e enriquecido com matéria orgânica.

[VEJA TAMBÉM: RABO-DE-GATO]

Não esqueça das regas regulares com fertilizantes para deixar a planta bem “acolhida” com seus minerais e vitaminas.

O frio subtropical é bastante tolerado, por isso não se preocupe com esse fator. A multiplicação de perpétua acontece por meio de suas sementes, está bem?


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply