Início » Jardinagem » 5 ideias de plantas nativas para ambientes internos de seu lar; a 3ª é a minha preferida

5 ideias de plantas nativas para ambientes internos de seu lar; a 3ª é a minha preferida

Confira sugestões de plantas nativas para decorar ambientes internos de seu lar e garanta muito mais cor e vida aos espaços

Quer dar um toque mais tropical para ambientes internos? Uma boa forma de fazer isso é apostar em plantas nativas! Elas são vistosas e exuberantes, dando cor e vida para a decoração.

Confira, aqui, cinco ideias de plantas nativas para ambientes internos e aproveite para escolher e adotar as suas favoritas!

1. Ficus elastica

5 ideias de plantas nativas para ambientes internos de seu lar; a 3ª é a minha preferida

A ficus elastica é a planta perfeita para se ter em sua sala! Trata-se de uma alternativa robusta, com folhas grandes, grossas, flexíveis e brilhantes.

Um de seus diferenciais é que exige poucos cuidados para manutenção, por isso é muito utilizada na decoração de ambientes internos e em jardins.

A planta deve ficar num lugar com temperatura amena, mas próxima do calor do que do frio. Precisa receber sol de maneira indireta e é importante borrifar água em suas folhas para recriar um ambiente de umidade da floresta.

Além disso, passe um pano em suas folhas para tirar o pó, ajudando a liberar os poros da planta para receber a água e se manter hidratada de maneira adequada.

O solo da ficus elastica precisa ser úmido, mas não encharcado. A frequência de rega é de uma vez por semana. No inverno, faça a rega a cada 15 dias.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

2. Samambaia

Samambaia
Samambaia

A samambaia é uma planta com efeito pendente, o que dá um visual bonito de selva para o ambiente. Recomenda-se mantê-la sob luz solar indireta, preferencialmente perto de janelas com cortinas.

Como possui folhas mais sensíveis, também é importante evitar que a samambaia receba ventos fortes. As regas devem ser frequentes, para manter o substrato levemente úmido. No inverno, é possível espaçar as regas.

Nos dias mais quentes, recomenda-se borrifar um pouco de água sobre as folhas da samambaia, para recriar um ambiente úmido. Assim, conseguirá preservar a planta.

3. Costela de Adão

Costela de Adão
Costela de Adão

A costela de Adão tem folhas grandes, exuberantes e o formato delas ajuda a dar um toque exótico para a decoração.

Trata-se de uma planta que deve receber luz solar de forma indireta, para que as folhas não fiquem amareladas. Seu solo precisa ter boa drenagem e ser fresco, portanto, mantenha a terra sempre úmida, mas não encharcada.

Para que a planta tenha espaço suficiente para crescer, indica-se que faça a troca de vaso todos os anos até que atinja o tamanho que deseja.

Sobre as regas, quanto mais largas as folhas da planta, mais campo para evaporação de água ela possui. Por isso, recomenda-se que faça a rega duas vezes por semana.

Antes, verifique se a terra está ficando seca. Se não for o caso, postergue a rega. No inverno, a rega pode ser feita uma vez por semana ou a cada 15 dias.

4. Dracena

Dracena
Dracena

Há vários tipos de dracena, mas os cuidados com essa espécie são os mesmos! Recomenda-se manter a planta sob a luz indireta para que se desenvolva com saúde e cresça.

O solo precisa ter uma capacidade de drenagem, para não prender o excesso de água da rega. Por falar nela, recomenda-se que a faça duas vezes por semana, no máximo, se os dias estiverem mais quentes. No inverno, reduza a frequência.

Borrife água em suas folhas, pois se trata de uma planta que ama umidade. Mas atenção a um detalhe: evite o excesso de água. A terra ou substrato deve ficar úmido e não encharcado.

5. Estrelícia

Estrelícia
Estrelícia

A estrelícia também é conhecida como ave do paraíso e ajuda a transformar a decoração de seu lar! Ela floresce mesmo que cultivada dentro de casa, desde que receba luz solar.

Suas flores são alaranjadas e azuis e têm formato que lembra um pássaro exótico, dando cor e um charme muito especial para a decoração de qualquer ambiente.

Trata-se de uma planta que se desenvolve bem se tiver um ambiente parecido ao de seu habitat natural. É preciso ter um espaço com temperatura amena e a planta deve receber bastante luz solar para florescer.

A estrelícia cresce na primavera e no verão, por isso se recomenda que faça regas frequentes nesse período, tendo o cuidado de manter o solo úmido. Use fertilizante solúvel em água para auxiliar no crescimento da planta.

No período de dormência, que é no inverno, regue a planta uma vez por mês, somente. Não há necessidade de fertilizar a planta nesse período, somente de pulverizar água em suas folhas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário