Início » Plantando » Desvendados os maiores segredos para cultivar ESTES tipos de plantas na água

Desvendados os maiores segredos para cultivar ESTES tipos de plantas na água

Confira os principais detalhes que você precisa levar em consideração ao cultivar plantas na água e as melhores espécies.

Para casas pequenas ou apartamentos, há a possibilidade de apostar no cultivo de plantas na água.

É do conhecimento de todos que as plantas precisam de três coisas para sobreviver: luz, água e espaço para seu desenvolvimento. Na questão desse terceiro requisito, ele é muito amplo, pois pode incluir solo, seixos de argila, turfa e até mesmo apenas água.

E é justamente o que você irá entender hoje. Como cultivar plantas na água? No entanto, tenha em mente que a técnica de hidrocultura exige alguns cuidados, então acompanhe o texto para saber os tipos de plantas são mais indicadas e como acertar no plantio.

Como cultivar plantas na água?

cultivo de planta na água

Cultivar plantas na água pode ser tão simples quanto colocar uma muda em um recipiente com água. Entretanto, se você quer que a plantinha prospere, você precisa fazer um esforço a mais.

Você vai gostar:
Melhores plantas para varanda

Alguns fatores são até similares ao cultivo de plantas em vasos ou no solo em seu jardim. Por isso, preste atenção neles:

Iluminação

Primeiramente, verifique as condições de luminosidade exigidas pela planta que você escolheu cultivar na água. Isso inclui, depois, escolher uma posição de iluminação de acordo.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Nessa forma de cultivo, é fundamental cuidar que a água pode aquecer sob a luz direta do sol e afetar diretamente as raízes delicadas da planta, ok?

Temperatura

Da mesma maneira, as plantas também possuem preferências em temperaturas. Procure escolher uma posição que forneça isso – e, se possível, que a temperatura seja consistente, isto é, que as raízes nunca fiquem muito frias nem muito quentes.

Rega

Mesmo que as plantas estejam cultivadas na água, elas precisam de rega, também semanalmente.

O objetivo é manter a água oxigenada e evitar o acúmulo de algas, que acabam esgotando ainda mais o oxigênio.

Lembre-se de sempre usar temperatura ambiente para regar as plantas.

plantas cultivadas na água

Qualidade da água

A água precisa ser de qualidade, que tenha menos sais minerais, como a filtrada ou a pluvial.

Assim, evite a água da torneira, pois ela contém cloro, que pode ser prejudicial.

Fertilização

As plantas criam raízes com mais facilidade em água pura, mas eventualmente precisarão de adubo.

Em geral, o cultivo de plantas na água exige fertilizantes de menor intensidade do que as cultivadas no solo.

Melhores espécies de plantas para cultivar na água

Agora que você já entendeu os principais pontos do cultivo de plantas na água, lembre-se também de escolher espécies que preferem meia sombra e são resistentes.

Separamos essas opções para você:

Aglaonema

A aglaonema é uma opção perfeita de planta na água e é capaz de sobreviver a ambientes com sombra.

aglaonema em vaso com água

Suas raízes são grossas e chamam a atenção, especialmente se o recipiente for de vidro. 

Além disso, suas folhas são elegantes e longas – algumas espécies possuem manchas avermelhadas no centro.

Clorofito

Chamada também de planta aranha, o clorofito é uma espécie que tem um grande potencial de purificação do ar!

clorofito cultivado em copo de água

A planta tem uma reprodução e cultivo muito fácil, caracterizando-se por ter uma folhagem muito bonita. Suas raízes precisam estar mergulhadas em uma quantidade pequena de água para que o clorofito cresça de maneira saudável.

Essa planta na água é perfeita para recipientes pequenos, ainda mais se você não tem muito espaço disponível.

Espada-de-São-Jorge

Outra planta na água queridinha na decoração dos lares. Pela simbologia, a espada-de-São-Jorge protege o lar contra energias ruins!

espada-de-São-Jorge em pote com água

Vale mencionar que essa planta não possui galho, então é necessário colocar menos água no recipiente onde ela ficará.

Para fazer a muda, retire as folhas da terra e lave-as bem. Na quantidade de água, o recomendável é que ela cubra a raiz mais grossa e antiga da plantinha (você notará que é onde a coloração dela é mais escura).

Jiboia

A jiboia é uma das favoritas, pois ela é pendente, conhecida por seus longos galhos de folhas verde-escuras.

jiboia cultivada na água

Para fazer a muda, escolha uma planta saudável e corte um galho grande, na diagonal, de preferência um que tenha, no mínimo, seis folhas.

Lave com cuidado esse ramo e coloque em um recipiente limpo com água. Deixe-o em um espaço bem iluminado, mas não com iluminação solar direta.

Singônio

O singônio é uma espécie muito resistente e você pode encontrá-la com frequência em parques e jardins, por isso é uma alternativa como planta na água na decoração de seu lar.

singônio cultivado em água

Muito adaptável à água, o singônio tem uma folhagem durável e é capaz de criar raízes e novas folhas em apenas algumas semanas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Editora do Homeit.com.br, Bellezamoderna.com.br e Revendedor.com.br. Graduada em Comércio Internacional (UCS/RS), Marketing Digital (SENAC/RS) e atualmente estudando Ciências Biológicas (UNINTER). Fluência em Inglês e estudando Espanhol no momento. É apaixonada por palavras, natureza, tornados, heavy metal e psicologia criminal.

Deixe seu comentário