Início » Para sua Casa » Porcelanato Líquido: o que você precisa saber sobre antes de investir

Porcelanato Líquido: o que você precisa saber sobre antes de investir

Confira, aqui, tudo o que você precisa conhecer sobre o porcelanato líquido antes de fazer esse investimento!

O porcelanato líquido é uma opção de revestimento para piso que se tornou bastante popular nos últimos tempos. A técnica oferece um acabamento liso e sem emendas, muito elegante e que pode deixar qualquer ambiente mais sofisticado.

Mas se você não conhece muito bem esse revestimento e quer saber mais sobre ele, neste artigo, vamos explorar tudo o que você precisa saber para decidir se o porcelanato líquido é a melhor opção para o seu projeto.

O que é Porcelanato Líquido

O porcelanato líquido, também conhecido como piso de resina epóxi, é um tipo de revestimento que cria uma superfície contínua e sem emendas.

Ele é feito de resina, que pode ser de epóxi ou poliuretano que, quando aplicada, se nivela e endurece, formando uma camada resistente e brilhante.

Porcelanato líquido marmorizado

Você pode usar o porcelanato líquido sobre qualquer superfície e material, seja cerâmica, madeira, pedra ou concreto. O material não possui cheiro e seca em cerca de 12 horas.

Esse piso pode ser personalizado com várias cores, texturas e até desenhos em 3D, o que torna ele perfeito para qualquer estilo de decoração.

Quais os Tipos de Porcelanato Líquido

Existem vários tipos de porcelanato líquido, cada um com características específicas:

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

Epóxi

É o tipo mais comum e usado, conhecido por sua alta resistência e durabilidade.

porcelanato líquido epóxi

O porcelanato líquido de resina epóxi é bastante resistente, mas só pode ser utilizado em áreas internas, sendo vedado o seu uso em áreas externas como varandas, por exemplo.

Esse tipo é autonivelante, e é ele que você deve usar sobre outros tipos de piso (como os que falamos no parágrafo anterior), se a ideia for um piso liso, polido, sem emendas e sem marcas, pois é o que cria uma camada mais “grossa” e anula as imperfeições.

A resina epóxi possui uma cartela gigante de cores, e é o mais usado para criar os efeitos no porcelanato líquido.

Poliuretano

O outro tipo de porcelanato líquido é o de Poliuretano.

Porcelanato líquido PU

Esse tipo tem mais flexibilidade e uma resistência maior, inclusive a mudanças de temperatura, sendo muito indicado para ambientes externos e áreas com variações climáticas, mas ainda podendo ser usado em áreas internas.

Ao contrário do epóxi, no entanto, a resina de poliuretano não é autonivelante. Ou seja, não é indicada para se usar sobre outros materiais sem que se faça nivelamento com outro material antes.

Esse tipo de porcelanato líquido possui uma paleta de cores menor.

Com esses dois tipos de material resinoso, é possível criar inúmeros efeitos no piso. Alguns exemplos são:

  • 3D: Esse é um efeito que pode ser criado a partir da resina epóxi incolor. Nesse tipo, usa-se imagens, desenhos ou texturas no chão que são intercalados com as camadas de resina. É como criar um quadro vitrificado no chão.
  • Metalizado: Outro efeito possível de ser criado com o porcelanato líquido. Nesse estilo, diferentes tipos de resina são usados e misturados, criando um efeito parecido com a pedra de mármore ou com raios de brilho, a depender do estilo desejado.

Em Quais Ambientes é Indicada a Aplicação desse Tipo de Piso

O porcelanato líquido é muito versátil e pode ser usado em vários ambientes, tanto em casas quanto em comércios.

Porcelanato líquido 3D

Alguns dos principais lugares onde ele é indicado incluem:

  • Residências: Salas, cozinhas, banheiros, quartos e áreas externas. A superfície lisa e contínua facilita a limpeza e manutenção, sendo ótima para quem busca praticidade.
  • Comércios: Lojas, escritórios, restaurantes e hotéis. O acabamento elegante e a possibilidade de personalização fazem do porcelanato líquido uma ótima opção para ambientes comerciais.
  • Indústrias e Garagens: Devido à sua alta resistência a impactos, desgaste e produtos químicos, o porcelanato líquido (especialmente o de poliuretano) é ideal para ambientes que precisam de um piso durável e fácil de manter.

Vantagens do Porcelanato Líquido

O porcelanato líquido oferece várias vantagens que o tornam uma escolha atraente. Entre os principais benefícios estão:

  • É bonito: A superfície lisa e brilhante, sem emendas, tem um visual moderno e elegante. Além disso, a possibilidade de personalizar com cores e desenhos permite criar ambientes únicos.
  • Durabilidade: É altamente resistente a impactos, desgaste, produtos químicos e variações de temperatura, sendo um dos pisos mais duráveis disponíveis.
  • Facilidade de Limpeza: A ausência de emendas facilita a limpeza e manutenção.
  • Rapidez na Aplicação: Pode ser aplicado sobre pisos existentes, reduzindo o tempo e o custo da reforma. A secagem rápida da resina também contribui para a agilidade do processo.
  • Versatilidade: Pode ser usado em diversos ambientes, internos e externos, residenciais ou comerciais.

Desvantagens desse Piso

Apesar das muitas vantagens, o porcelanato líquido também tem algumas desvantagens que devem ser consideradas antes de optar por sua aplicação:

  • Custo: O material e aplicação pode ter alto custo podendo ir de R$200 a R$500 o m². Um grande investimento, especialmente comparado a outros tipos de revestimentos.
  • Aplicação: A aplicação do porcelanato líquido exige mão de obra especializada e experiência para garantir um acabamento perfeito e duradouro. Qualquer erro na aplicação pode resultar em imperfeições e comprometer a qualidade do piso.
  • Sensibilidade a Riscos: Apesar de ser resistente, o porcelanato líquido pode riscar facilmente se não for tratado com cuidado. É importante evitar arrastar móveis pesados e usar feltros nos pés dos móveis.
  • Temperatura: Em ambientes muito quentes, o porcelanato líquido pode expandir, causando pequenas deformações. Da mesma forma, em locais muito frios, pode contrair, o que pode comprometer a integridade do piso.
  • Não é realmente um porcelanato: Apesar do nome, o material usado não tem nada a ver com o porcelanato de verdade, o que quer dizer que, apesar de resistente, não possui a mesma resistência e durabilidade do material tradicional.

Esse revestimento é uma solução moderna e elegante para quem deseja renovar o piso de forma prática e eficiente. No entanto, é necessário avaliar cuidadosamente as necessidades do seu projeto, as vantagens e desvantagens e consultar profissionais qualificados que vão garantir a aplicação correta na sua casa.

CONFIRA Também: Sua casa precisa de um upgrade? 5 tendências 2025 de pisos que você precisa conhecer!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

É formada em Marketing pelo Centro Universitário Internacional e atriz licenciada pelo SATED/PR desde 2017. Trabalha com gestão de mídias sociais e redação criativa além de atuar em várias frentes de comunicação midiáticas.

Deixe seu comentário