Início » Decorando » Castelo de Balmoral; surpreenda-se com a decoração de um dos locais favoritos da rainha Elizabeth II

Castelo de Balmoral; surpreenda-se com a decoração de um dos locais favoritos da rainha Elizabeth II

Conheça, aqui, detalhes sobre a decoração do Castelo de Balmoral, que era um dos lugares preferidos da rainha Elizabeth

A rainha Elizabeth II, que faleceu na tarde desta quinta-feira (08/09), estava desde o dia 21 de julho no Castelo de Balmoral, local escolhido por ela para passar as férias de verão.

O Castelo, que fica na Escócia e era um dos locais favoritos da rainha, se destaca por ser imponente e por ter decoração luxuosa, que se mescla com recordações da família real britânica.

História do Castelo de Balmoral

castelo balmoral sala

Curiosamente, o Castelo de Balmoral foi comprado pela rainha Vitória, que era tataravó da rainha Elizabeth II, no ano de 1852. A aquisição era para presentear o príncipe Albert.

Os dois se encantaram pelas Terras Altas da Escócia em uma viagem que fizeram em 1842. Uma década depois, compraram uma propriedade no local.

No entanto, ela não tinha a aparência que possui hoje. O casal reconstruiu tudo para que se adequasse às necessidades da família real britânica e o arquiteto William Smith assumiu o projeto.

Castelo de Balmoral

A pedra de fundação do Castelo foi lançada pela rainha Vitória em 28 de setembro de 1853 e ainda está no local para relembrar esse momento.

Antes disso, ela assinou um pergaminho, colocou dentro de uma garrafa junto com moedas da época, inseriu tudo num buraco sob o lugar onde está a pedra. Isso continua lá até hoje.

Participe do nosso canal no WHATSAPP com dicas RÁPIDAS e FÁCEIS para a sua casa. Acesse ~> clicando aqui.

O Castelo de Balmoral foi pronto apenas em 1856 sem deixar resquício da antiga construção, que foi demolida. Depois da morte da rainha Vitória em 1901, a propriedade foi passando em testamento para seus sucessores.

Decoração permanece a mesma no reinado de Elizabeth

Em fotos em diferentes ocasiões, é possível notar que a decoração do Castelo de Balmoral permanece praticamente a mesma desde o início do reinado da rainha Elizabeth II.

castelo de balmoral biblioteca

Por isso, é comum encontrar móveis de madeira, que predominam na maioria dos ambientes. São peças vintage que dão um toque clássico e luxuoso extra para a decoração.

castelo de balmoral rainha

As salas também possuem móveis clássicos, acessórios de decoração de metais, lustres e luminárias luxuosas, além de obras de arte com molduras ricas em detalhes, ajudando a complementar a decoração com muito mais sofisticação.

castelo balmoral escritorio rainha

Vasos de porcelana são muito utilizados na decoração, bem como espelhos grandes com molduras únicas. Também é comum encontrar relógios antigos que reforçam ainda mais a decoração vintage do castelo.

A propriedade ainda conta com um salão de baile gigante, que é o maior cômodo do castelo e tem a mesma decoração clássica de outros espaços.

Não é somente a decoração interna do Castelo de Balmoral que encanta. A propriedade tem 20 mil hectares e conta com fazendas, criações de animais como gado e pôneis, além de uma área para silvicultura.

castelo de balmoral jardim

Os jardins são um caso a parte, contando com estátuas e pergolados, bem como com tipos de plantas que a rainha Elizabeth mais gostava: narcisos, rosas vermelhas e cor de rosa, flores herbáceas, cerca viva, entre outras.

Momentos importantes no Castelo do Balmoral

O Castelo foi palco de vários momentos importantes da família real britânica, principalmente da Rainha Elizabeth. Foi na propriedade que a monarca e Philip Mountbatten se aproximaram e, de acordo com rumores, ficaram noivos antes mesmo de Elizabeth ser coroada.

Em 1947, Elizabeth e Philip se casaram e passaram a lua de mel em Birkhall, que é um imóvel que fica dentro da propriedade de Balmoral. Atualmente, é casa do novo rei Charles e de Camilla Parker Bowles.

castelo de balmoral bikhall

O castelo também serviu de local de lua de mel de Charles com a princesa Diana. Além disso, foi o lugar em que os príncipes William e Harry souberam da morte de sua mãe no ano de 1997.

Modernização do Castelo de Balmoral

O príncipe Philip, que faleceu em 2021, foi o responsável pela modernização de parte do Castelo, para que conseguisse ter alguma autossuficiência e não se deteriorasse ao longo dos anos.

Ele acompanhou um programa de produção energia renovável verde na propriedade, além de sugerir um controle diferente para o sistema de aquecimento do Castelo quando estivesse vazio. A ideia era proteger móveis, tecidos e pinturas nesse período.

Além disso, ele redesenhou os jardins da propriedade, implementou uma horta e plantou carvalhos próximos do campo de cricket. Também é de sua responsabilidade o projeto de recuperação de uma área de floresta na propriedade, que está em processo de regeneração e expansão.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

    Deixe seu comentário